Copa do Brasil: primeiro jogo contra Afogados-PE será no Majestoso na noite de 12 de março

A CBF sorteou ontem (6) os mandos de campo da terceira fase da Copa do Brasil e a Macaca já sabe que vai enfrentar o Afogados-PE no primeiro dos dois confrontos entre os times no Majestoso. O jjgo de ida ocorra na noite de quinta-feira, 12 de março, às 19h15 e o de volta – na cidade de Afogados da Ingazeira –  na quinta seguinte, 19 de março.

Como a Ponte Preta joga nesta segunda (9) contra o Bragantino Red Bull e na sequência do Paulista ocorre o dérbi no dia 16, o fato de o primeiro confronto da Copa ser em casa é positivo do ponto de vista logístico, além de possibilitar que time esteja mais descansado, pois não terá de enfrentar viagem entre as duas importantes partidas do Paulistão.

Na prática o time de João Brigatti terá três jogos em Campinas, viajará para Pernambuco, voltará para jogar mais uma vez em Campinas contra o Novo Horizontino pelo Paulista (no dia 23) e só volta a viajar pelo Paulista no dia 1º de abril, para enfrentar o Mirassol na última rodada da fase inicial do estadual.

Vale lembrar que a partir desta terceira fase não há mais jogos únicos: todos os duelos daqui para frente são definidos em dois jogos e por sorteio .

A competição ainda tem uma quarta fase antes das oitavas e quartas de final também serão sorteados. Os times que estão na Libertadores irão entrar na Copa do Brasil a partir das oitavas de final (ainda há uma quarta fase antes das oitavas).  São eles: Athletico-PR, Corinthians, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos e São Paulo.

Bragantino (Campeão da Série B) e Fortaleza (campeão da Copa do Nordeste) e Cuiabá (Campeão da Copa Verde) também entrarão nas oitavas e todas as equipes ficarão no mesmo pote no sorteio, o que não ocorria antes. Com essa uma novidade, poderão ocorrer confrontos entre times que estão na Libertadores.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS