Ponte Preta quer conquistar três pontos em cima do São Paulo na tarde deste domingo (1º), no Morumbi

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

A Ponte Preta quer ser um visitante indigesto na tarde deste domingo (1º), no Morumbi. Em partida marcada para as 16 horas, a Macaca enfrenta o São Paulo embalada pela conquista para a terceira fase da Copa do Brasil na noite de quinta e promete muito empenho para voltar a vencer pelo Campeonato Paulista. “Estamos passando por um momento difícil no Paulistão e a vitória contra o Vila Nova, inclusive sem tomar gols no tempo regulamentar, elevou bastante o nosso moral. Vamos com toda força para conquistar um grande resultado logo mais no Morumbi para nos reabilitarmos na competição”, diz o zagueiro Trevisan.

Em terceiro lugar no Grupo A, com sete pontos (dois atrás do Água Santa e cinco do Santos, que já atuaram na rodada), a Ponte precisa vencer para voltar o mais rápido possível à zona de classificação às quartas de final.  A última vitória alvinegra no Paulistão foi justamente sobre um time da capital – 2 a 1 no Corinthians – e o técnico João Brigatti, que estará comandando a equipe do banco de reservas pela primeira vez nesta noite, acredita que o time tem capacidade e vontade para se reencontrar com os resultados positivos a partir de hoje.

“Não é um compromisso fácil, até porque eles tiveram a semana inteira para treinar e descansar, entanto nós estamos chegando de um jogo realizado há três noites. Então, apesar de eu ter gostado muito do time que entrou em campo na vitória contra o Vila, podemos até fazer uma ou outra mudança por causa da parte física. Porém quem entrar com certeza vai jogar com muita gana e se ralar pela vitória se for preciso”, diz.

 Uma ausência já confirmada é a de Apodi, que cumpre suspensão por cartão (além de ter sofrido lesão por entrada de um adversário no último confronto). Bruno Rodrigues, que substituiu o atleta no jogo passado após ele ter se machucado, é a opção mais cotada para figurar entre os titulares.

Em termos de retrospecto, a vantagem nos últimos dez confrontos é pontepretana : cinco vitórias (coincidentemente, todas por um a zero) e um empate. No jogo de hoje, contra a Ponte, o adversário faz a última partida antes da estreia na Libertadores. Assim, por um lado o técnico Fernando Diniz quer “uma atuação convincente” antes de enfrentar o Binacional, do Peru, na quinta-feira. De outro, não estão descartadas possíveis ausências para poupar atletas ao compromisso internacional – Antony, Juanfran, Helinho, Walce, Rojas, Léo e Gabriel Sara já estão fora por lesão.

 A partida desta tarde é de torcida única, mas o pontepretano pode conferir tudo em transmissão em TV aberta, pela Rede Globo. As rádios esportivas de Campinas também  transmitem o confronto em FM, AM e pela Internet.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS