Vindo da Base, volante Danrley celebra oportunidade de vestir a camisa da Ponte na vitória contra o Corinthians: “Estreia dos sonhos”

Foto: PontePress/ÁlvaroJr

A Ponte Preta superou o Corinthians na última quinta-feira (30), no Moisés Lucarelli, e conquistou mais três pontos no Campeonato Paulista, emendando a segunda vitória seguida e impondo a primeira derrota da temporada ao adversário. O duelo teve um gosto ainda mais especial para um jovem atleta de 18 anos: o meio-campista Danrley, que entrou em campo pela primeira vez após ser promovido ao grupo principal da Macaca.

“Foi a estreia dos sonhos, né? Fico muito feliz em poder estar em campo num jogo importante como era esse, contra um grande adversário. Estou satisfeito em saber que o professor conta comigo, apesar de estar só no começo, tem sido um ano de muito aprendizado. Agora é trabalhar e seguir evoluindo para buscar meu espaço”, diz.

Danrley chegou à Ponte Preta no ano passado e, integrando o grupo SUB20, e se destacou em 32 partidas disputadas na base da Macaca, sendo promovido ao grupo principal para a temporada 2020. “Moro com meu pai e cada vez que entro em campo me lembro de todo o esforço que ele fez para que eu chegasse aonde cheguei e o quanto ele colocou meus sonhos a frente dos dele”, diz.

Natural de Nova Iguaçu, Danrley lembra-se particularmente de uma ocasião quando treinava na Portuguesa-RJ  e não tinha como comprar uma passagem para ir ao treino, na Ilha do Governador, no dia seguinte. “Sempre que eu desanimava ele insistia, dizia ‘vamos mais um pouco que as coisas vão chegar naturalmente’. Uma noite comentei com meu pai  que eu não tinha dinheiro pra chegar no treino e ele saiu de madrugada para arrumar R$ 14 pra uma passagem de ida e volta, pra eu ir treinar. Naquele momento, vendo o esforço dele, decidi que daria um jeito de ir até o fim para me firmar na carreira. Ele é um herói e tenho certeza que enchi ele de orgulho ao estrear profissionalmente”, acredita.

O camisa 18 agora torce por uma nova chance no time de Gilson Kleina, que volta a campo  nesta segunda (3), diante da Internacional de Limeira, fora de casa. E celebra desde já a temporada que está vivendo junto ao time profissional da Macaca. “É o momento mais marcante na minha vida. Fico grato a Deus e a meu pai pelo que esta acontecendo comigo”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS