Kleina elogia comprometimento do elenco e apoio do torcedor nos 2 a 1 contra o Corinthians: “Sabemos que ainda temos que evoluir, mas foi uma grande vitória e agora é nos recuperar para sermos fortes contra a Inter de Limeira na segunda”

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

A Ponte Preta venceu o Corinthians na noite de ontem por 2 a 1, em uma partida vibrante com uma ótima atuação conjunta do elenco com diversos destaques individuais, entre os quais o do goleiro Ygor Vinhas, que defendeu pênalti e fez belas defesas. Para o técnico Gilson Kleina, a Macaca foi eficiente e dedicada, merecendo a vitória e, mais ainda, mostrando que pode crescer ainda mais na competição.

“Foi uma grande vitória em cima de uma equipe que vai dar muito trabalho no campeonato. Coletivamente o time foi muito bom., todos os jogadores estavam muito comprometidos e  corresponderam em campo, a torcida fica orgulhosa de ver time se engajando. Claro que precisamos evoluir ainda, mas ficamos muito felizes com resultado, e ajustar com vitória é mais tranqüilo. Agora temos que nos recuperar e sermos fortes na segunda contra a Inter de Limeira”, afirma o treinador.

Kleina avalia o jogo como tendo dois tempos bem distintos. “No primeiro tempo a Ponte foi muito competente, conseguiu equilibrar as ações do Corinthians.Fizemos pressão e marcamos dois gols em seguida, depois estouramos lá no gol deles por mais cinco ou seis vezes e podíamos ampliar. E tivemos um pênalti a nosso favor que não foi dado e um contra que o Ygor, que fez uma partidaça, defendeu e nos deu muita confiança pra voltar do intervalo”, diz.

Já no segundo tempo, relembra, o adversário cresceu a partir de um ponto específico. “O Carillo melhorou muito o time, organizou de trás, prendeu nossos latrais. Eles têm muita qualidade de entrar espaço entre linhas, o Tiago Nunes  colocou dois armadores e tivemos grande dificuldade. No intervalo falamos para não abaixar marcação, mas esse Cantillo desequilibrou, foi a primeira vez que vi ele jogar O curioso é que ele arrumaram o time com um volante e nós, na sequência, também, porque quando entrou o Danrley encurtamos a marcação e ainda tivemos mais uma ou duas chances”, afirma.

Kleina destaca alguns fatores importantes que fizeram a diferença para a conquista do placar positivo de ontem. “O que fez valer a vitória foi a nossa entrega e nosso torcedor nos deu uma energia muito boa para nos mantermos à frente do placar. E  o Ygor faz grandes jogos há algum tempo, mas ontem fez a diferença”, pontua.

O treinador conclui: “Pena a arbitragem não ter dado o pênalti a nosso favor, foi legítimo e se usassem o mesmo critério do pênalti dado ao Corinthians teriam marcado. Além disso aqueles três minutos a mais no final, além do que já havia sido dado de acréscimo, foram desnecessários, imagine a confusão que teria dado se saísse um gol de empate? Mas no todo foi muito bom, ainda que no segundo tempo tenhamos lutado muito pra segurar resultado:precisamos melhorar para não sofrer tanto.”

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS