“Venda de Camilo ajuda a garantir que mês na Ponte terá 30 dias”, diz Tiãozinho

 

Foto:Lyon

Confirmada a transferência do volante Camilo para o Lyon por 2 milhões de Euros, a Diretoria Executiva da Ponte Preta projeta um período com  maior equilíbrio financeiro para clube. “Nossa prioridade é assegurar que o mês na Ponte Preta tenha 30 dias. Pagar salários  aos nossos funcionários, atletas e colaboradores em dia é prioridade zero. Adicionalmente, podemos utilizar parte destes recursos para ir ao mercado  e reforçar o time para  lutar pelo acesso à Seria A e ainda equalizar parcialmente os compromissos  com os credores”, esclarece Sebastião Arcanjo, presidente pontepretano.

A negociação de Camilo foi conclusa hoje e o próprio site do time francês ressaltou as qualidades do atleta revelado na Base da Macaca, como boa técnica e força , além de confirmar o contrato com ele até junho de 2024 e destacar que a Ponte manteve 20% dos direitos do jogador e terá direito a esta porcentagem sobre venda futura – bem como outros 5% pelo mecanismo de solidariedade da Fifa por ser clube formador do jogador.

“A negociação de Camilo reforça a imagem da Ponte como um clube formador e, nesse sentido, parte dos investimentos também serão direcionados para as categorias de Base ,como parte do processo de reestruturação que estamos implementando”, finaliza Tiãozinho.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS