Autor do gol da vitória no domingo, Camilo prevê jogo difícil contra o Corinthians, mas acredita em força no Majestoso: “Vai ser um jogo difícil, mas a vitória fora de casa nos dá confiança”

Foto: PontePress/LuizGuilhermeMartins

Autor do golaço que deu a vitória à Ponte Preta na última rodada do Paulistão, contra o Botafogo em Ribeirão Preto, o volante Camilo sabe que o próximo obstáculo que a Macaca irá enfrentar é complicado. Contudo, o jogador acredita que, com a força do Majestoso e a o espírito de conquista da rodada passada, é possível superar o Corinthians na noite desta quinta-feira (30).

“Vai ser um jogo difícil, não tenho dúvida, mas a vitória fora de casa nos trouxe  confiança para irmos fortes contra o Corinthians e contaremos com o apoio do nosso torcedor, com a força do Majestoso”, diz o volante. Camilo conta que o belo gol anotado no domingo é fruto do trabalho do elenco e de orientação do técnico Gilson Kleina.

“No lance, o Roger saiu para receber e levou dois zagueiros junto com ele, o Bruno percebeu e mandou pra mim. Meu posicionamento também foi diferente em relação ao último jogo, o Gilson viu que eu não estava conseguindo jogar de costas e me trouxe pra dentro pra melhorar desempenho. Além disso, antes eu estava tocando muito antes de chutar. Contra o Santo André eu vinha chegando na área, mas dava dois, três toque a mais. Me orientaram, dei de primeira e saiu o gol”, relembra.

Camilo finaliza enfatizando a importância da primeira vitória na competição, ainda mais longe do Majestoso. “Como não tínhamos ganho em casa, a gente precisava da vitória e ela foi importante, pois assumimos a liderança temporária e com a conclusão da rodada acabamos nos mantendo na segunda posição do grupo. A grande diferença foi que no primeiro jogo criamos bastante, mas tomamos gol, e neste criamos e fomos mais eficientes defensivamente. Ainda é início de temporada, todo mundo pegando ritmo ainda, e o calor prejudicou, mas fizemos nossa parte e agora é lutar pra vencer na quinta”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS