Departamento de Futebol avalia pré-temporada em Bragança como muito positiva e espera reflexo em campo

Foto:PontePress/LuizGuilhermeMartins

A Ponte Preta está prestes a entrar em campo pela primeira rodada do Paulistão, na noite desta quinta (23), e a julgar pela pré-temporada a estreia promete. Afinal, na avaliação do Departamento de Futebol e do próprio técnico Gilson Kleina, os cerca de 10 dias de pré-temporada em Bragança  Paulista foram excepcionais.

“Todos ficamos muito satisfeitos com o trabalho executado lá e o próprio Kleina nos relatou que foi uma das melhores pré-temporadas, se não a melhor, que ele já realizou nos últimos dez anos de carreira. Assim, nosso entendimento – da diretoria, do Executivo de Futebol Gustavo Bueno, do coordenador Fábio Moreno, minha e de todos do departamento – é de que a pré-temporada foi muito positiva e todos esperamos reflexos disso em campo”, diz Claudio Henrique Kiko Albuquerque, supervisor de futebol da Macaca.

Ele conta que a definição da HWT Sports para sediar a pré-temporada já estava tomada desde setembro do ano passado. “Naquele mês estivemos por lá num trabalho no meio do Brasileiro, com o Gilson Kleina e o elenco de então, e a equipe e instalações deles nos atenderam de maneira plena, por isso já definimos e até fizemos uma pré-reserva, penando inclusive no benefício financeiro para a instituição. Após o encerramento do Breasileiro, houve uma grande reformulação no futebol pontepretano, no nosso staff, inclusive, e com essa nova configuração validamos em dezembro que a pré-temporada seria em Bragança no mês de janeiro e começamos a trabalhar no conteúdo deste período”, conta.

Albuquerque ressalta que a pré-temporada é fundamental para uma boa estreia, por dar condições ao atleta de fazer um trabalho mais intenso e rápido do ponto de vista físico, tático e técnico. “O atleta está chegando de férias, por isso é muito diferente de quando ele já está trabalhando no dia a dia, é preciso colocar uma carga forte sobre ele por causa do período de inatividade.  Entãonós damos condições para que ele foque apenas naquilo: treinos, boa alimentação, descanso definido e ainda as palestras de orientação. Foco total. E fazer isso num complexo estruturado é importante porque facilita a ação. Se ficássemos em Campinas, por exemplo, teríamos que concentrar a equipe em um hotel e a cada treino haveria deslocamentos no Gorilão, gerando perda de tempo e desgaste desnecessários.”

Desta forma, os jogadores chegaram no início de janeiro e, finalizados todos os exames clínicos (cardíológicos, de sangue etc) e físicos no Majestoso, já seguiram viagem.  “A aceitação do elenco e do statff foi muito boa e lá tudo correu perfeitamente, não houve contratempos. Até a meteorologia ajudou, pois treinávamos em dois períodos e só chovia de noite. Além disso, agradecemos a equipe da HWT, que teve um cumplicidade e harmonia muito grande conosco, deixando ali um ambiente bom, família, e criando harmonia pra que nessa temporada 2020 tenhamos sucesso”, finaliza.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS