Autor de assistência perfeita para segundo gol da Macaca contra o Cuiabá, Yuri é o atleta que teve melhores estatísticas na partida e vai conquistando espaço no elenco

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

Aos 36 minutos da etapa final contra o Cuiabá, a Macaca ficava à frente do marcador contra o adversário mato-grossense com gol de Tiago Orobó. Mas, se o segundo tento alvinegro na partida – que terminou empatada em 2 a 2 – aconteceu, fo em grande parte graças à grande assistência do lateral-esquerdo Yuri. O atleta fez jogada com Bruno Rodrigues e cruzou com qualidade para cabeceio do atacante. Com a assistência e outros números importantes, o lateral recebeu a nota 7,7 no site de estatística SofaScore, sendo a maior nota entre todos os atletas que participaram do jogo.

O camisa 16 pontepretano, que atuou os 90 minutos, foi responsável por sete interceptações, teve mais de 70% de acertos nos passes e de nove duelos pelo chão foi melhor que o adversário em seis oportunidades. Apesar de ao longo da temporada o atleta ter sido suplente de Lazaroni, vem ganhando espaço com o técnico Fábio Moreno, até em mais de uma função. No derbi campineiro, inclusive, o jogador entrou ao longo da partida mais à frente.

“O Yuri é um jogador que tem boa velocidade, e boa força física. Tem muitos recursos técnicos e de todos do elenco, um dos que menos se aperta quando ele é pressionado. Tem solução para tudo. Tem lances do jogo que provam isso também. Às vezes quando é apertado por dois ou três jogadores ele consegue achar os passes e sair do aperto”, afirma o comandante pontepretano.

Moreno acrescenta que o atleta goza da confiança de seus pares. “Os jogadores confiam nele e colocam ele em situações em que, mesmo marcado, ele faz o passe. Foi responsável pela assistência de gol, tecnicamente é muito bom jogador, vai maturar ainda mais e quando joga na segunda linha, na extrema, tem muitos recursos também. Mas o principal é que ajuda demais na marcação e foi essa razão por ele ter entrado no derbi. Tanto é que várias vezes ele ficou de lateral e o Lazaroni voltou como ponta, porque ele ajuda muito com sua capacidade física”, complementa.

Essa versatilidade de Yuri também já foi vista em outras agremiações, onde – atuando mais avançado – ele inclusive fez gols, como quando vestia a camisa do Figueirense, em compromisso contra o Criciúma. A curiosidade fica por conta da data, 17 de janeiro, em 2019. E é no dia 17 de janeiro que a Macaca volta a campo, em jogo contra o Náutico, no Moisés Lucarelli, às 16 horas. Quem sabe, caso seja escalado ou entre ao longo da partida, o atleta repita o feito que fez contra os catarinenses, diante dos pernambucanos. Ou também uma assistência como a do último jogo, que – convenhamos – pode ser considerada na estatística como meio-gol…

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS