Com gols de Andrey e João Veras, Ponte empata com São José e conquista a classificação para a próxima fase da Copinha

Foto:GutoCarvalho

Em um jogo tenso, que começou com um belo gol do pontepretano Andrey por entre as pernas do goleiro adversário, teve virada e empate no finalzinho, com João Veras marcando de pênalti, a Ponte Preta empatou em 2 a 2 com o São José e se classificou para a próxima etapa da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Um dos destaques do time, além dos dois atacantes, foi o goleiro Caio, que em grande atuação garantiu o resultado. A Ponte assumiu a liderança da chave e agora aguarda o jogo entre Londrina e Osvaldo Cruz, que ocorre nesta noite, para confirmar quem será o adversário.

A Ponte começou indo para cima do adversário e com chute do atacante João Veras logo aos dois minutos. Aos três, Andrey fez lance pela esquerda e chutou, mas o goleiro adversário defendeu. Aos sete, a Macaquinha chegou a balançar as redes, mas não valeu. A bola foi levantada na área e Veras pegou de voleio. No rebote do goleiro, Vitinho mandou para as redes, mas o bandeirinha marcou impedimento.

Pouco depois, aos 13, boa chance do adversário. Thayllon chutou forte e o goleiro alvinegro Caio rebateu. Yan pegou a sobra e afastou. Na sequência, Veras pegou a bola e ficou cara a cara com o arqueiro oponente, que tirou com o pé. A Ponte seguia firme no ataque e, aos 17, após cruzamento pela esquerda, Veras cabeceou firme, mas o camisa 1 do São José fez boa defesa.

Aos 23, mais uma bela defesa de Caio: Thayllon saiu frente a frente contra o goleiro alvinegro, que impediu o gol adversário. Aos 28, a Ponte abriu o placar em  belo lance de Andrey, que  levou a melhor sobre a defesa adversária, fez a fila e chutou entre as pernas de Lorenzo, abrindo o placar. Ponte 1 x 0 São José. Aos 41, Vitinho recebeu lançamento, invadiu a área e foi derrubado. O próprio Vitinho cobrou o pênalti, mas o goleiro gaúcho defendeu.

Aos 44, nova chance alvinegra. Vitinho escapou pela esquerda e levantou na área, mas Lorenzo segurou. Na sequência, Thayllon recebeu dentro da área e finalizou sem chance para Caio, empatando o jogo. Fim do primeiro tempo: 1 a 1.

 O São José sabia que o empate classificava a Ponte e começou a etapa complementar indo para cima. Logo no primeiro minuto desceu com tudo pela direita e obrigou Caio a fazer grande defesa. Na sequência,  a zaga alvinegra cortou lance perigoso e no rebote o adversário chutou para fora. Aos dois, o oponente lançou bola na área da Macaquinha e Felipe cabeceou sem chances para Caio: 2 a 1.

Aos nove, o pontepretano Lucas chutou contra o gol gaúcho, mas a zaga tirou. Quatro minutos depois, falta perigosa pela direita a favor da Ponte. Vitinho mandou para a área, mas o juiz marcou uma falta de ataque. Aos 28, Robinho, que entrou no lugar de Igor Maduro, chutou contra o gol adversário, mas a bola subiu alta demais. Aos 40, quase sai o gol de empate. Em falta cobrada na área, Euller subiu bem de cabeça e a bola passou lambendo a trave da equipe do Rio Grande do Sul.

Aos 41 veio o gol da classificação. O atacante João Veras, em lance rápido, entrou na área e foi derrubado pela defesa oponente. Pênalti. O próprio Veras bateu com categoria, deslocando o goleiro Lorenzo e marcando o terceiro dele na Copinha. Aos 46, já nos acréscimos, defesa excepcional de Caio. O goleiro alvinegro se viu cara a cara com Thayllon, que chutou à queima roupa, mas o camisa 1 segurou. Aos 48, a Ponte chegou a balançar as redes de novo, mas o gol foi anulado. Veras puxou belo contra-ataque e passou para Pedrinho, que mandou pro fundo das redes, mas a arbitragem marcou impedimento.

O jogo ainda seguiu até os 50, mas ninguém mais mexeu no placar. Fim de jogo, Ponte Preta 2 x 2 São José-RS, Macaquinha classificada para a próxima fase da Copinha.

 

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS