Dupla que veio do Operário, Bruno Reis e Alisson prometem garra e bom futebol com a camisa alvinegra

Foto:PontePress/ThiagoToledo

O volante Bruno Reis e o zagueiro Alisson defenderam o mesmo time em 2019 e, após um bom desempenho no Operário (PR), agora vestem a camisa alvinegra. Em comum, mais do que o último time de origem, os dois jogadores têm garra, dedicação e a vontade de obterem conquistas com a Ponte Preta.  

“Estou muito feliz em poder vestir a camisa da Ponte, sou do Interior de São Paulo  e sei o peso que ela tem. Minha expectativa é me adaptar bem, meu estilo de jogo é parecido com DNA da Ponte, com muita garra e sem desistir nunca, e de ajudar o time neste ano para que consigamos um bom desempenho em todas as competições que disputarmos e o acesso à série A”, diz Bruno Reis.

O volante fala um pouco também sobre as próprias características técnicas. “Gosto de ter a bola no pé, de iniciar jogadas. Gosto de marcar e também de iniciar jogadas para os meias e atacantes. Acredito que vou agregar ao grupo, que é bastante qualificado, forte e ter muita vontade. Minha expectativa é de a gente entrosar rápido para chegar bem no campeonato”, pontua.

O zagueiro Alisson também acredita no rápido entrosamento e, para isso, acredita que a chave é a mesma que levou ele mesmo a ter ótimos números defensivos no Operário – sempre que estava em campo, independente de com quemfazia a dupla de zaga, o número de gols tomados era menor ou inexistente. “O caminho é o diálogo. No dia a dia trabalhando, sempre conversando para acertar as coisas. O resultado sempre é mérito da equipe, é o conjunto que consegue, como fizemos lá no Operário, reduzir o número de gols tomados. Mas é a cobrança e a conversa  que permitem os ajustes necessários”, opina.

O defensor também tem boas perspectivas para a Macaca neste ano. “A expectativa sempre é a melhor possível em um clube como a Ponte, em que camisa é forte. Espero trabalhar bem e responder à torcida e ao time da melhor forma possível”, afirma o atleta, que finaliza falando rapidamente sobre seu estilo de jogo.

“Não gosto muito de descrever minhas características, prefiro que as pessoas vejam e avaliem. Mas posso dizer que gosto de jogar do lado direito. Mas também sei jogar pelo lado esquerdo se precisar.”

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS