Finalizando curso de licença PRO para treinadores, a mais alta da CBF Academy, Kleina destaca: “Essa busca do conhecimento te leva a uma qualificação em todos os setores e vamos melhorar treinamentos na certeza de performar os atletas”

O técnico Gilson Kleina conclui nesta quarta-feira (18), no Rio de Janeiro, o curso de licença  PRO da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Trata-se da licença mais qualificada concedida pela CBF Academy, criada em 2016 para oficializar certificados nacionais e internacionais para treinadores brasileiros. “A busca do conhecimento te leva a uma qualificação em todos os setores. Estamos aprendendo novas tendências, entendendo melhor como o futebol moderno hoje está sendo utilizado, as relações entre futebol brasileiro e mundial… e usaremos tudo para melhorar treinamentos na certeza de performar nossos atletas”, pontua Kleina.

O treinador enfatiza que o curso é positivo não apenas pelo ferramental que oferece a ele para melhorar o desempenho dos jogadores, mas também para a própria Ponte Preta, que se beneficiará dos conhecimentos que estão sendo aprendido por ele. “O objetivo éa colocar esses conceitos em prática dentro da Ponte. Não só o profissional Gilson Kleina como também a instituição tem muito a ganhar com essa qualificação ”, destaca.

O curso de licença  PRO está sendo ministrado na Granja Comary, em Teresópolis (RJ),, desde o último dia 9. Ao todo, são 370 horas de atividade – sendo 180 presenciais – com uma grade curricular que inclui gestão técnica, financeira, marketing, análise de desempenho, aspectos culturais do futebol local, gestão de crise e psicologia do esporte.

Só pode  obter a licença PRO quem já tem a chamada licença A ou obtenha um atestado de qualidade que permita exceção. Além de Kleina, entre outros, estão fazendo a atual edição treinadores como Rogério Ceni, Tiago Nunes e Renato Gaúcho. A partir de 2021, a Conmebol exigirá licença PRO para os treinadores comandarem equipes na Copa Libertadores da América.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS