Ponte enfrenta Brasil de Pelotas nessa terça-feira (26), às 19 horas no Majestoso, em jogo que encerra a temporada 2019; ingressos a R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia) e Torcedor Camisa 10+ adimplente pode levar um convidado de graça

 

Foto: PontePress/ÁlvaroJr.

A Ponte Preta enfrenta nessa terça-feira (26) o Brasil de Pelotas, em jogo válido pela 38ª Rodada do Campeonato Brasileiro Série B. O jogo será disputado às 19 horas, no Moisés Lucarelli. Ambas as equipes estão empatadas com 44 pontos na tabela de classificação. O técnico Gilson Kleina tem os desfalques de três atletas, todos por suspensão: o zagueiro Renan Fonseca levou o terceiro cartão amarelo contra o Sport, além de Vico e Marquinhos, que foram expulsos contra o time pernambucano. O treinador deve promover algumas mudanças.

“Minha intenção é usar alguns meninos. Sabemos da importância desse jogo contra o Brasil. Nós não atingimos nosso objetivo, o adversário sim, pois buscava a manutenção. Sabemos que é uma equipe aguerrida, do Sul do país, que é muito competitiva e que busca uma primeira e segunda bolas. É bom termos essa ideia de lançarmos alguns garotos, até porque estão trabalhando conosco e queremos terminar da melhor forma. Acho que fomos dignos no jogo contra o Sport, mudamos a postura e comportamento e isso se faz necessário no jogo do Brasil novamente”, afirma o técnico, que analisa a temporada difícil da Macaca.

“Foi um ano que temos que pegar como lição, reflexão. Preciso fazer uma auto-análise do meu desempenho. Meus números foram ruins esse ano, não só na Ponte Preta. Claro que ficamos tristes, é o sentimento que estamos, mas sempre querendo revigorar, olhando para frente, e fazer o nosso melhor. É nisso que temos que se agarrar. O que aconteceu ano passado, não conseguimos reprisar esse ano”, avalia Kleina, que recorda o Brasileiro de 2018, em que como comandante da equipe, conseguiu uma arrancada com sete vitórias e dois empates e não conseguiu o acesso por critérios de desempate. Segundo o treinador, é importante ter um pensamento diferente para atingir o objetivo em 2020.

“O campo tem que ser muito forte, para que o clube esteja em uma harmonia. A Ponte Preta entrou com uma meta delineada, para ter o acesso, e essas coisas não aconteceram. E uma manutenção na Série B é muito pouco para as nossas pretensões. Sempre queremos ser vencedores e eu como treinador mais ainda. A Ponte exige isso. Eu fico lisonjeado quando o presidente fala da nossa continuidade, porque era muito mais fácil ele trabalhar em outra mão. Me dispensar ou eu mesmo largar e desistir. A gente convive com tanto líder covarde nesse país, que eu não posso ter esse sentimento. Estou envergonhado pela nossa torcida, porque eles sabem o que eu posso dar para eles. Temos que fazer algo diferente. Vamos mudar a postura e resgatar o DNA da Ponte Preta”, ressalta Kleina.

O treinador finaliza, mostrando que acredita em uma temporada diferente no próximo ano. “Se vou ter continuidade é por causa da minha biografia aqui. Não vou negar que voltei desses dois jogos (CRB, em Maceió e Sport, em Recife) envergonhado, mas com o sentimento de querer entender o que está acontecendo. Mas um senhor, que tem idade para ser meu pai foi o que me deu a maior motivação. Eu disse que estava devendo para ele, que não estava conseguindo trazer resultados e ele me disse: “Kleina, você já deu muito mais vitórias do que derrotas para nós. Acredita no teu trabalho”. Eu tenho que crescer com esse momento e fazer com que a Ponte Preta cresça junto”.

 

Ingressos

Os ingressos para a partida estão à venda, a R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia) nos setores geral e arquibancada – o mesmo valor é praticado para os visitantes. Na VIP, o valor cobrado é R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). Nesta terça, as bilheterias funcionam das 11h até os 15 minutos iniciais do segundo tempo. O Torcedor Camisa 10+ adimplente pode levar um convidado de graça. Para quem fica na arquibancada e geral, basta chegar na catraca na hora e retirar o ingresso para o beneficiado. Já quem quer levar convidado na VIP/Vitalícia, por causa do espaço físico limitado destes locais, tem de pegar um ingresso na sala do TC10+ com antecedência. A retirada pode ser feita das 9 às 19:00 hrs. A partida tem transmissão pelo Premiere e das principais rádios esportivas de Campinas, em AM e FM.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS