Ponte Preta dá continuidade em reformulação administrativa na Base

A Diretoria Executiva da Ponte Preta segue dando continuidade à reformulação administrativa das categorias de Base, iniciada já a partir da posse do presidente Sebastião Arcanjo, o Tiãozinho, na quarta-feira passada (6).

Foram dispensados no dia de hoje o Supervisor da Categoria SUB20, Marcelo Casado, bem como o supervisor da extinta categoria SUB23, Wagner José Martins Junior, o Juninho. Além deles, foram liberados de seus cargos os colaboradores Francisco Marques, o Kiko Dentista, e Alexandre Garutti.

Comissões e novos diretores

O presidente Sebastião Arcanjo informa que os nomes dos novos diretores da Macaca deverão ser anunciados apenas após o fim do Brasileiro da série B.  Isso porque neste período está sendo feita uma análise dos departamentos, por meio de comissões criadas para este fim – duas delas, de Marketing e Finanças, já foram anunciadas no dia 11, e outras também foram compostas para este trabalho interno.

“O objetivo é ter uma análise mais embasada dos departamentos ante de cada diretor assumir. Então, depois da última rodada,  no final de semana do dia 30 de novembro, devemos fazer uma coletiva para anunciar os novos diretores e já fazer uma análise sobre o futebol neste ano e o que pretendemos para 2020”, diz Tiãozinho.

O dirigente também determinou, em alinhamento com as discussões realizadas com o Conselho Deliberativo, que cada departamento da Ponte Preta apresente estudos para corte de gastos de até 20%. Além disso, ficou determinado que qualquer nova despesa terá de passar por análise e só poderá ser efetivada mediante autorização expressa da Diretoria.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS