Ponte Preta lamenta e refuta violência e depredação de patrimônio

A Ponte Preta lamenta e refuta veementemente os atos de violência e depredação praticados por algumas pessoas após a partida deste domingo contra o Vitória. Independentemente da insatisfação com o placar, que é compartilhada com a instituição, não há nenhum tipo de justificativa para as cenas de brutalidade e destruição praticada por um grupo, sem qualquer respeito pelos torcedores presentes (famílias e crianças, inclusive). Cabe destacar, em particular, a ação de um indivíduo que pulou da arquibancada para marquise do Salão Nobre e destruiu vidros aos socos, e de um conjunto de pessoas que arrombou a porta e invadiu o corredor de acesso à Academia, onde destruiu equipamentos usando até mesmo cilindros de extintores de incêndio para isso  – o prejuízo ainda está sendo contabilizado – e na sequência usou pedaços e destroços das máquinas (barras de ferro, inclusive) para vandalizar ainda mais o Majestoso.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS