Kleina valoriza vitória contra o Londrina e destaca: “Agora vamos trabalhar para contra o Oeste sermos coesos, equilibrados, e possamos trazer pontos de Barueri”

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

A vitória da Macaca sobre o Londrina ontem no Majestoso, por 3 a 1, deixou felizes a torcida, o elenco e o técnico Gilson Kleina.  Porém, o comandante alvinegro já está com os olhos virados para o jogo com o Oeste, nesta sexta-feira (11). “Ontem fizemos uma vitória maiúscula, contra uma equipe que exigiu bastante, e faço questão de agradecer a presença dos 1,6 mil torcedores que vieram debaixo de chuva, às 21h30, nos apoiar. Porém nosso foco agora já é na próxima rodada. Fora de casa precisamos melhorar, ser mais coesos e equilibrados, para que possamos trazer pontos já nesta sexta do jogo contra o Oeste”, pontua.

Kleina enfatiza que é preciso repetir o que aconteceu de bom no jogo de ontem, mas, ao mesmo tempo, também evitar a repetição de erros. “Ontem foi um  jogo difícil, nossa equipe teve que ser competitiva, começou com perde e ganha muito grande, era pé de ferro, primeira e segunda bola, tomamos quatro cartões e eles também. Mas preciso enaltecer a coletividade, o grupo todo. A gente vem de opções, algumas trocas e, ao mesmo tempo, um resultado ruim, então precisava reagir. A vitória contra o Londrina nos deixa em condição de acreditar”, pontua.

Contudo, o treinador destaca que o time tomou o empate por erro. “Tem algumas coisas no futebol que são do futebol. Fizemos o gol cedo e paramos de jogar. Todo time sai automaticamente quando toma o gol e a gente fala para não abaixar as linhas, mas foi o que aconteceu. Nossa tomada de decisão tem que ser melhorada, nossa organização defensiva, sofremos muito. Temos que ter esse foco e concentração mais aguçados.”

 Ainda assim, Kleina elogia a postura do time ontem e, ainda que destaque o coletivo, tece elogios para alguns destaques, como os autores dos gols – Renato Cajá e Roger – e o goleiro Ygor Vinhas, que fez ótimas defesas. “Junto com o grupo, eles se destacaram. O Cajá, com quem trabalhei em 2017, e desta vez veio com muita fome, sempre foi um grande jogador, sabe que é um craque do nosso elenco, diferenciado. Quando chama responsabilidade, se concentra, se compromete, faz um grande jogo. O Roger passou por tudo , sofreu pênalti, fez dois gols, nos deu a vitória.E o Ygor deu conta do recado, foi bem”, diz, acrescentando que é uma tradição dessa camisa da Ponte revelar grandes goleiros.

Mostrando que de fato entende que o elenco todo é merecedor do resultado, Kleina destaca utros nomes. “O Vico é um jogador que tem a movimentação, vem muito por dentro, porque joga com o pé invertido. O Marquinhos é um jogador insinuante, o Diego Renan tem muito passe, posicionamento, consegue fazer com que a equipe fure as linhas. Com ele e o Guedes tivemos profundidade. Não só estes que citei, é preciso enaltecer todos os que souberam aproveitar a oportunidade e fazer com que nossa equipe melhore cada vez mais coletivamente”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS