Vindo do Sul, atacante Vico – que marcou dois gols no jogo passado – não teme o calor das 11 em Ribeirão: “A temperatura alta desgasta, mas jogador profissional tem que estar pronto para atuar em qualquer horário e vamos atrás dos três pontos”

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

Com apenas 22 anos, o atacante Vico deixou o frio do Rio Grande do Sul para se mudar de mala e cuia para Campinas, onde no último final de semana marcou os dois primeiros gols como profissional com a camisa da Macaca. “A Ponte Preta tem o poder de realizar sonhos. Levou o Ivan para a seleção brasileira e me deu meu primeiro gol como profissional. Aliá, os primeiros gols da minha carreira. A Ponte já é muito importante na minha caminhada como jogador”, diz o atleta formado na base do Grêmio-RS.

Já adaptado na cidade, onde foi bem recebido pelo elenco alvinegro, Vico irá agora enfrentar o calor de Ribeirão Preto, onde a Macaca vai para enfrentar o Botafogo-SP em busca de uma vitória e, enfatiza o atacante, a temperatura não pode ser impedimento para a equipe jogar bem. “O calor é mais difícil de jogar, sem dúvida, é mais desgastante, mas atleta profissional tem que estar preparado para jogar de manhã, de tarde, de noite. Além disso, o calor é pros dois lados”, diz.

Ele enfatiza, porém, que para isso o elenco precisa estar focado. “Temos que estar focados e concentrados, aí não é a temperatura que vai mudar o nosso jeito de jogar. Estudamos muito a equipe adversária, o professor Kleina estuda muito e nos passa tudo. Nosso pensamento é sempre no G4, agora teremos confronto direto e vamos para cima”, enfatiza.

Vico conclui dizendo que a Base no Grêmio foi importantíssima para ele, assim como a vinda para Ponte, onde está feliz em ter a oportunidade de atuar com atletas experientes como Roger e Renato Cajá. “Cresci como jogador de futebol lá no Grêmio e a saída para cá, que eles incentivaram muito, me ajudou a ganhar mais experiência, hoje tenho uma oportunidade como titular de um time de tradição como a Ponte. Jogar com atletas como o Roger e o Cajá é muito enriquecedor, são muito técnicos, atletas de muita qualidade, que assim como o restante do time me ajudam muito lá na frente”, finaliza.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS