Ponte se reapresenta de olho no Botafogo-SP e atletas ressaltam que goleada trouxe confiança; “É um jogo referência pra sequência que vamos ter”, diz o capitão Renan Fonseca

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

 

Mais do que deixar a Macaca mais perto do G4, a goleada em cima do Cuiabá no sábado no Majestoso trouxe confiança ao elenco, que se reapresenta nesta tarde de segunda-feira (30) para treinar de olho no confronto de sábado, às 11 horas, contra o Botafogo.  “Tanto a gente quanto a torcida estava precisando desta vitória, agora vamos com mais confiança ainda para o próximo jogo”, diz o atacante Vico, autor de dois gols no jogo do fim de semana.

Sobre isso, por sinal, o jovem de 22 anos – que foi trazido do Grêmio-RS para a Ponte por pedido de Gilson Kleina – não esconde a alegria. “Já ficaria feliz com um gol, imagine com dois. Como profissional,  foi o dia mais feliz da minha vida e dedico a vitória para torcida, que nos apoiou o tempo todo”, diz.

O capitão Renan Fonseca, endossa o pensamento do atacante sobre a importância da vitória e vai além. “Estávamos mobilizados, sabemos da qualidade do nosso grupo e precisávamos da vitória, sabíamos que a partida era uma divisora de águas. Vencemos e convencemos, esse foi um jogo referência para a sequência que a gente vai ter”, afirma o zagueiro.

O meia Renato Cajá, responsável pelo lançamento perfeito na cabeça de Reginaldo no segundo gol, enfatiza a força do elenco. “O time foi guerreiro, forte. Precisávamos da vitória de qualquer jeito para encostar no grupo de cima. Essa vitória vai dar força, confiança para começarmos um novo tempo na Ponte, para termos uma sequência boa.”

Everton e Gerson Magrão finalizam, na mesma linha. “Foi um resultado importante, precisávamos destes três pontos como foi no jogo,isso nos dá mais confiança ainda pra sequência”, diz o atacante. “Jogamos muito bem, em especial no primeiro tempo. No segundo tempo suportamos mais, mas o mais importante foi vencer”, conclui o meio-campista.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS