Ex-técnico do Coritiba e auxiliar do treinador André Jardine, da Seleção Olímpica, Sandro Forner assume como técnico do SUB20 da Macaca

Um reforço para a base e outro para o profissional. Em uma “ação dupla”, o Departamento de Futebol pontepretano efetivou nesta manhã uma mudança que trará benefícios para ambas as categorias: o técnico Felipe Moreira, que estava comandando o SUB20 ao mesmo tempo em que atuava na área técnica do futebol profissional, irá se dedicar apenas ao time de cima e, para substituí-lo como treinador dos Juniores chega hoje Sandro Forner, ex-zagueiro que defendeu a Ponte Preta de 1986 a 1989 e que, como técnico, já comandou o time titular do Coritiba e foi auxiliar de André Jardine, atual comandante da Seleção Olímpica, em 2019 na Base do São Paulo. 

“É uma mudança que acreditamos ser muito positiva e que estamos fazendo antecipando um planejamento que tínhamos para 2019 em virtude da agenda do time profissional. Hoje o Felipe faz um excelente trabalho, inclusive atuando como elo entre a Base e o Profissional, porém a demanda é muito alta e com todas estas vagens seguida que estamos fazendo, precisamos que ele fique comandando os jogadores não-relacionados quando o time está fora, algo que acaba conflitando com a agenda do SUB20. Desta forma, Felipe Moreira ficará fixo na Comissão Técnica do time de cima e o Sandro Forner, que é um excelente profissional, assume os Juniores”, explica o Executivo de Futebol Gustavo Bueno.

Sandro Alexandre Forner, ou simplesmente Sandro, é natural de Amparo e, como jogador, atuou como zagueiro tendo surgido na própria Ponte Preta, em 1989. Como atleta, defendeu a Seleção Brasileira SUB20 e atuou também em outros times brasileiros – como Fluminense e Coritiba – e internacionais, como o Nissan FC e o Club Kyoto Sanga (Japão).

Fora dos campos, iniciou carreira como auxiliar técnico em equipes como o J. Malucelli e o Atlético Paranaense. Em 2016, assumiu como treinador nas categorias de Base do Coritiba e chegou a comandar o time profissional em 2018, tendo conquistado o vice-campeonato estadual. No ano seguinte, tornou-se auxiliar técnico de André Jardine, atual treinador da Seleção Brasileira Olímpica, no São Paulo, e ainda em 2019 teve passagem pelo Maringá.

“Estou muito  feliz em poder trabalhar com a Ponte, uma camisa que conheço muito bem do início de minha carreira como jogador, e que tem uma grande tradição na Base, tanto que acaba de emplacar um goleiro surgido nela na Seleção Brasileira principal. Meu objetivo é fazer o melhor trabalho possível para estar à altura desta tradição”, diz Sandro Forner.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS