Elenco se reapresenta em clima de tristeza por Thalles e preparador Joelton Urtiga destaca: vamos honrá-lo guerreando em campo e subindo para a série A por ele

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

No quarto lugar do Brasileiro da série B e ainda na pausa em virtude da Copa América, o elenco pontepretano se reapresentou hoje (24) para a retomada dos trabalhos visando a reestreia na competição, às 21h30 da sexta-feira 12 de julho. Contudo, o clima no grupo era de tristeza, como não poderia ser, em virtude do falecimento do atacante Thalles neste domingo, em acidente de moto ocorrido em São Gonçalo (RJ).

Por esta razão, a primeira ação do treino desta segunda foi em homenagem ao camisa 9, com jogadores, comissão técnica e diretoria reunidos no vestiário do CT para um momento de homenagem, como rações, reflexões e aplausos a memória do amigo. “É uma  situação muito difícil, com uma vida ceifada ainda tão jovem, de maneira prematura. A vida continua, mas Thalles vai ficar no nosso coração. Vamos batalhar e guerrear para subir e homenageá-lo com isso, chegando à série A em memória dele”, diz o preparador físico Joelson Urtiga, que esteve no Rio prestando as últimas homenagens a Thalles no velório realizado ontem.

“Jorginho e eu trabalhamos com ele no Vasco e fomos dar nossa solidariedade, nosso abraço à família dele. É uma situação muito difícil, estes últimos dias foram complicados demais, confesso que hoje chorei no carro aqui no CT, antes do treino. Jorginho e eu tínhamos o Thalles como verdadeiro filho, o conheço desde 2015, conversávamos , pegávamos no pé dele”, relembra.

Joelton e Jorginho, inclusive, disseram ao jogador para não andar de motocicleta. “Ele comentou sobre a moto e fui bem firme com ele: atleta não tem moto, porque qualquer acidente pode acabar com a carreira dele. Ele riu e me disse: ‘Pô, Joeltão…’  Me contaram que no sábado deu problema com carro dele, e aó o Thalles saiu com a moto. Estava jogando dominó com amigos, depois foi pro baile aconteceu o que aconteceu. Ficamos muito tristes, a última palavra pra mim, dita por whatsapp, foi ‘fica com Deus’…. Mas vamos superar, vamos colocar a Ponte na 1ª divisão e vai ser uma homenagem pra ele.”

Volta aos treinos

Apesar da tristeza, os jogadores alvinegros já reiniciaram o programa de treino pré-retorno neta tarde. “Fizemos uma programação firme, com treino técnico, tático e físico, mas tudo com bola. Estamos confiantes que será uma boa preparação”, pontua Joelton urtiga.

O preparador conta ainda que neste período de “recesso” entre o último jogo da Ponte e hoje, mesmo sem treinamentos todos os jogadores receberam uma programação de alimentação e exercícios para seguir onde estivessem. “Nosso elenco é bem coeso e disciplinado, seguiram à risca o planejado, por isso estou certo que continuaremos progredindo muito bem”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS