Ivan é campeão! Goleiro pontepretano defende pênalti e garante a taça do Torneio de Toulon para a Seleção Brasileira Pré-Olímpica

Titular em quatro dos cinco jogos da Seleção Brasileira Pré-Olímpica no Torneio de Toulon, o goleiro pontepretano Ivan garantiu nesta manhã o título de Campeão para o Brasil. O arqueiro defendeu o último dos cinco pênaltis cobrados pelo Japão –a partida foi decidida nas penalidades após o empate em 1 a 1 no tempo normal – e fez com que o time do técnico André Jardine se sagra-se campeão invicto na competição (o último título do Brasil no tornio francês foi em 2014).

“Para mim já foi um sonho ser convocado! Ser campeão com o Brasil, ainda mais defendendo um pênalti, é mais do que eu imaginava. Agora torço para ser convocado para o pré-olímpico, que será disputado no início de janeiro, para ajudar nosso país a conquistar uma vaga nas Olimpíadas de Tóquio em 2020”, diz Ivan. Se depender do que fez na França, com certeza a convocação virá.

Afinal, o goleiro não apenas defendeu o pênalti, como salvou o Brasil da derrota no tempo normal. A Seleção Brasileira, que sequer havia tomado gol antes da final de hoje, abriu o placar no primeiro tempo com Antony, porém tomou o empate em falha do zagueiro Murilo, que acabou dando um passe para Ogawa marcar em posição privilegiada, sem nenhuma chance de defesa para Ivan.

No segundo tempo o jogo foi ainda mais disputado do que já havia sido na etapa inicial e, aos 14, o lance em que o goleiro pontepretano salvou a pátria: Ogawa recebeu a bola na área e mandou um canhão para o gol. Bem posicionado, Ivan fez o milagre e  espalmou para fora. Com o jogo empatado no tempo normal, seguiu-se a cobrança dos pênaltis.   Marcaram para o Brasil Mateus Vital, Douglas, Matheus Henrique, Weldel e Lyanco. Nna última cobrança japonesa, Ivan segurou o chute de Hatete e garantiu o caneco brasileiro!

Esta foi a nona vez na história que o Brasil foi campeão do Torneio de Toulon – a maior vitoriosa é a seleção francesa, que conquistou o título 12 vezes (e que foi derrotada pelo Brasil por quatro a zero no primeiro jogo da atual edição). Além da França, a Seleção Brasileira derrotou neste torneio de 2019 a Guatemala (4 a 0), o Catar (5 a 0) e a Irlanda (2 a 0).

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS