Na véspera do duelo contra o Paraná, Renan Fonseca avalia início de Série B da Macaca, além de destacar setor defensivo da equipe

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

A equipe da Ponte Preta enfrenta o Paraná Clube às 16h30 no Moisés Lucarelli e o grupo se mostra motivado após vencer o time do Operário, na rodada anterior. O zagueiro e capitão Renan Fonseca, que espera um resultado positivo no jogo de amanhã, analisa o início da Série B.

“Começo de campeonato é sempre turbulento. Todos embolados, um time ou outro consegue uma sequência de vitórias, mas ainda é um início. Vencemos nosso primeiro jogo e temos mais uma partida em casa, vamos em busca de mais uma vitória em casa e como está tudo o embolado, podemos dar um salto grande na tabela”, afirma o jogador, que fala sobre a qualidade da defesa da Macaca.

“O segredo é a parte coletiva, sistema de jogo, todos se ajudam, marcam e a bola chega atrás mais mascada. Temos um excelente goleiro, que quando precisa ele garante. Temos um grupo qualificado, com uma disputa sadia aqui dentro, que também faz que tenhamos esse sucesso", avalia .

O defensor acrescenta que a solidez da defesa vem de longa data. “Estou aqui há um ano e meio, e no ano passado tivemos a defesa menos vazada do Paulistão, sofremos só dois gols na Copa do Brasil e também tivemos a defesa menos vazada da Série B de 2018. E esse ano novamente. Temos que ter muita concentração, manter isso que está dando certo e ajustar para melhorar esses números”, explica.

O zagueiro ainda comenta sobre a chegada de novos reforços ao elenco pontepretano, tanto de atletas experientes como de jovens talentos. “Tem que haver uma mescla. Ganhamos muito com a chegada do Roger no quesito liderança, um cara que nasceu aqui, que conhece a casa e quanto aos meninos que chegaram, tem que haver essa sede e fome de ganhar e é eles estão com isso. Estamos passando os caminhos para que cheguemos aos nossos objetivos, que são as vitórias”, completa.

 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS