Lucas Silva e Marquinhos estão próximos da Macaca; Júlio César e Kayser pedem liberação

 

O Executivo de Futebol Gustavo Bueno anunciou na manhã desta terça (7) queos meias-atacantes Lucas Lima (do Flamengo) e Marquinhos (do Corinthians) estão bem próximos da Macaca. “Estamos conversando com Flamengo para liberação do Lucas e acreditamos que isso possa acontecer com a maior brevidade possível, existe interesse do Flamengo e do atleta, há apenas questões burocráticas sendo resolvidas. Também estamos com conversas adiantadas com Marquinhos, o agente dele e o Corinthians”, pontua Bueno.

Também nesta manhã, o Executivo recebeu pedido de liberação dos atacantes Júlio César e Renato Kayser. “Fomos procurados antes do treino, nos disseram que estão descontentes e não tinham interesse em permanecer. A Ponte Preta é um clube centenário e na primeira conversa que tive com o elenco quando cheguei ressaltei que dentro de toda as dificuldades que iríamos encontrar, contaríamos com atletas que quisessem honrar a camisa e fossem competitivos. A partir do momento em que o atleta não quer mais, é vida que segue. O torcedor pode estar certo, porém, que estamos atrás de jogadores com perfil de Ponte Preta, não estamos parados e, vamos repor à altura”, afirma.

Bueno acrescenta: “É preciso destacar que os dois jogadores são emprestados, o Júlio vem da Chapecoense e o Kayser, do Cruzeiro, então existe necessidade de anuência, mas estamos contando com atletas que estão imbuídos no nosso projeto, que respeitem a camisa, e nada vai nos atrapalhar nesse percurso rumo ao nosso objetivo principal, aqueles que não querem ficar devem seguir o caminho deles”

Ele acrescenta que a saída não foi motivada por razões financeiras “Não dá pra amarrar a saída nesta questão. O clube, assim como outros do Brasil, está passando por dificuldades, mas nada excepcional ou que justifique. Foi uma decisão dos atletas e nada vai tirar nosso foco e nosso objetivo. Se tivermos que terminar 2019 com atletas do SUB23 ou Junior  que tenham amor à camisa e comprometimento ao clube, faremos isso,  mas se o jogador não quer ficar,não dependeremos dele.”

Bueno finaliza esclarecendo que a saída da dupla em nada têm a ver com a rescisão de contrato com Lúis Ricardo e Igor Henrique. “Já havíamos antecipado que antes da parada da Copa América haveria uma reestruturação, alguns sairiam outros chegariam, e Igor e Luís eram parte do planejamento de reestruturação do elenco, estas saídas e chegadas que estavam programadas”, conclui.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS