Com ingressos esgotados no Majestoso, Macaca entra em campo às 11 horas deste domingo (11) com objetivo de vencer o 194º dérbi e colar no G4

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

“Tem que usar coração, raça, sangue nos olhos.” Esta é a fórmula do técnico Jorginho para vencer o débi da manhã deste domingo (11), Dia dos Pais e do aniversário de 119 anos da Ponte Preta.  A Macaca entra em campo logo mais às 11 horas com o objetivo claro de conquistar três pontos importantes contra o rival, em casa e com expectativa de um público de  15 mil torcedores pontepretanos.

Se vencer, a equipe – que com os resultados da rodada de ontem inicia o jogo na 11ª posição – chegará aos 23 pontos e fica colada no G4, a um ponto de distância da quarta colocação. “São três pontos importantíssimos, por respeito ao torcedor e por tudo que envolve. Joguei muitos clássicos como atleta, no Brasil , na Alemanha, no Japão,  e até Brasil e Argentina. Vivenciei e sei como é diferente. Para nós profissionais são três pontos importantes, mas sabemos que é ainda mais que isso. É um jogo diferente, que o torcedor vive diferente, vai conviver com o resultado muito tempo”, pontua o treinador.

A Ponte defende um retrospecto positivo de sete anos sem ser derrotada pelo adversário – uma década sem resultado negativo no Majestoso – bem como uma goleada no último confronto em casa, quando foi capitaneada pelo próprio Jorginho. Por outro lado, o oponente, aidna que abaixo na tabela, vive um bom momento na competição. O treinador reforça, porém, que não é a histírua, recente ou não, que garantirá a vitória para qualquer dos lados.

“Sabemos que cada jogo tem sua história. Não dá para pensar que vai ser como o último. O Guarani mudou treinador duas vezes, mudaram jogadores, então mudou completamente a característica. O momento que estão vivendo é de ascensão, e a gente vem de empate, três derrotas e outro empate. Sabe que a pressão aumenta para a gente, mas nessas horas traz muita confiança que vai voltar a um grande caminho de nove jogos invicto”, diz.

Jorginho não revela a equipe que entra em campo (o time já está definido), mas garante que utilizará o que tem de melhor.  Além disso, conta com o maior reforço d e todos: o torcedor. “Até agora a gente não tinha conseguido mais de 10 mil pessoas em um jogo da Série B e teremos hoje é uma alegria, uma força incrível que faz a diferença. Vamos trazer a torcida para perto da gente, jogar junto e iniciar uma nova fase da Ponte”, conclui.

O jogo de hoje já está com ingressos esgotados e o pontepretano que não conseguir ir ao Majestoso pode conferir tudo pela Rádio 1900, a Voz da Macaca, em FM 96,5 ou FM 98,3, bem como pelo player na capa do site da Ponte Preta ou ainda pelo Youtube via PonTV.

Dia dos Pais – A Ponte Preta faz uma homenagem ao Dia dos Pais no dérbi desta manhã.  Por sugestçao do rpesidente Abdalla Jr implementada pelo Departamento de Marketing, cada atleta levará o nome do próprio pai na camisa, escrito na parte debaixo da tradicional faixa  alvinegra.

 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS