Macaca treina para a final e Airton destaca: “O Red Bull vai querer mostrar que não foi o primeiro colocado geral à toa e para nós isso vai ser mais um incentivo para vencer”

 

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

A Ponte Preta segue treinando firme para a Final do Interior, na noite da próxima segunda-feira (15), e o zagueiro Airton –  capitão da Macaca na última partida (contra o Oeste) – enfatiza que o jogo não será fácil. O defensor acredita, porém, que o  fato da decisão ser entre o primeiro e o sexto colocados na primeira fase será um incentivo a mais para o elenco alvinegro.

“Eles ficaram na primeira colocação geral e nós, apesar de não termos nos classificado, na sexta, o que nos teria classificado em outras chaves. Como estávamos no mesmo grupo, não nos enfrentamos. Então isso cria um algo a mais para essa final: eles vão querer demonstrar que não chegaram em primeiro à toa e isso deve ser mais um incentivo a mais pra gente”, acredita.

Airton acrescenta que para o elenco alvinegro o Torneio do Interior, que antes era visto como secundário, ganhou mais força em decorrência da eliminação da Macaca para o Aparecidense (que ontem foi eliminado pelo Bragantino do Pará). “Foi uma eliminação traumática e a conquista do título nos ajudará a amenizar esse trauma. Para nós, como atletas, sempre é importante vencer e conquistar títulos, mas a responsabilidade agora é maior, o título do Interior ganhou uma importância a mais”, diz.

O jogador acrescenta que os atletas não sabem ainda quem entrará em campo, uma vez que o técnico Jorginho ainda não definiu o time e na mídia há especulações sobre quem entrará em campo, o G1 (como o treinador se refere ao grupo que atua na titularidade de maneira recorrente) ou o G2. Airton acredita, porém, que quem entrar fará um bom jogo em busca do título . “G1 e G2 é só uma forma do Jorginho falar pra diferenciar quem vem atuando mais e quem não teve tantas chances de sequência, mas todos nós trabalhamos da mesma forma, fazemos as mesmas atividades, recebemos as mesmas lições dele. Então quem ele escolher vai estar bem preparado: é tudo Ponte Preta e não G1, G2, G3, alternativo…”

Airton reforça, porém, que se tiver chance pretende jogar e fazer de tudo para sair de campo com o troféu do interior. “Para muitos esse título não vale muita coisa, mas para nós vale, até para chamarmos a torcida de novo pro nosso lado e começarmos o Brasileiro com mais confiança.  A série B é muito disputada, precisamos nos preparar bem e aproveitar todos os  dias para iniciarmos bem a competição, até porque temos oito jogos antes da paarada da Copa América e temos que aproveitar para dar uma boa largada, porque sabemos a diferença que faz ter uma gordura no final”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS