Ponte treina para enfrentar o Oeste nas semifinais do Torneio do Interior e Edson destaca: “Vamos continuar na pegada e na busca de evoluir a cada jogo”

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

O elenco pontepretano treina na tarde desta sexta (29) de olho no Oeste, adversário este final de semana nas semifinais do Torneio do Interior – a data e horário da partida de ida, que pode ocorrer tanto no sábado quanto no domingo em Barueri, deve ser definida ainda hoje.  O volante Edson enfatiza que a Macaca irá a campo em busca de uma vitória, ressaltando a importância até emocional de vencer o primeiro jogo fora de casa, como ocorreu com o Bragantino.

“Sabemos da dificuldade que o Campeonato Paulista tem, independentemente de ser no Torneio do Interior, e vencer fora de casa é sempre o melhor cenário possível. Além de nos dar mais confiança, que é de suma importância, uma vitória nos deixa numa situação mais confortável na disputa pelo Troféu do Interior, o que é positivo. E vamos continuar nessa pegada de buscar evoluir a cada jogo”, afirma.

Edson avalia o desempenho do elenco até agora e vê a Ponte num crescente, em especial após a chegada do técnico Jorginho. “Ainda temos muito a evoluir e sabemos disso, mas acho que estamos no caminho certo. Ao longo da primeira fase do Paulista, nosso crescimento foi visível, tanto que não nos classificamos para as quartas da competição por pouco e ficamos na sexta colocação geral. Agora temos que continuar extremamente focados nos treinamentos para que mantenhamos o ritmo, porque os desafios serão cada vez maiores.”

O atleta conclui falando justamente sobre estes desafios, em especial a partida da semana que vem, no dia 3 de abril, contra o Aparecidense, que vale vaga na próxima fase da Copa do Brasil; “Temos um duelo decisivo pela Copa do Brasil e, logo mais, o início do Brasileiro, que é nossa prioridade na temporada. Precisaremos estar ainda mais preparados, mas as expectativas são boas, melhoram a cada dia”, finaliza.

Mantuan

Em relação ao atleta Mantuan, o Departamento Médio da Ponte Preta informa que, em uma decisão conjunta com o Corinthians (clube de origem do jogador), foi decidido que ele finalizará o tratamento que vem fazendo na Macaca na equipe paulistana. Isso porque o Corinthians possui um laboratório de biomecânica que pode oferecer, neste momento, mais recursos e informações para corrigir a compensação que gera sobrecarga no joelho do atleta.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS