Reforços de peso na direção do Futebol: Felipe Jorge e Marcelinho Paulista assumem como gerente do futebol profissional e coordenador técnico da Base

Para ser forte em campo, o futebol precisa ser forte fora dele. É com este pensamento que a Diretoria Executiva Pontepretana acaba de definir dois nomes de peso que irão se integrar ao quadro administrativo da bola alvinegra. Felipe Jorge Loureiro, que foi meia do Vasco por mais  de 350 jogos, duas vezes convocado para a Seleção Brasileira e ex-treinador, será o novo gerente de futebol profissional . Já para a Base quem chega como novo coordenador técnico, para trabalhar com o gerente  Fábio Barrrozo, é o ex-volante e jogador da seleção brasileira Marcelinho Paulista.

“Estamos trabalhando já há algum tempo numa reformulação na parte administrativa do futebol profissional e no ano passado já havíamos anunciado a meta de ter mais um homem forte e conhecedor da área, o que teremos agora com o Felipe. Já na Base havíamos iniciado o processo de fortalecimento com a chegada do Fábio Barrozo e agora estamos encorpando ainda mais com a chegada do Marcelinho Paulista”, pontua Abdalla.  

O agora gerente de Futebol pontepretano Felipe Jorge Loureiro é amplamente conhecido no cenário da bola. Como jogador, ele atuou no meio campo do Vasco da Gama de 1996 a 2002, quando foi apelidado de “Maestro” pela torcida daquele time (ele voltaria a vestir a camisa vascaína ainda de 2010 a 2012). Também teve passagens por Palmeiras, Atlético Mineiro, Galatasaray, Flamengo, Fluminense, Al Sadd. Também foi titular da Seleção Brasileira SUB23 e foi convocado pela Seleção Brasileira de 1998 e em 2004.  Depois que encerrou a carreira como futebolista, Felipe também chegou a atuar como treinador.

Marcelo José de Souza, o Marcelinho Paulista, foi meio-campista de 1991 a 2005 (iniciou como meia e depois se fixou como volante), tendo atuado sete vezes pela Seleção Brasileira, inclusive nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996. Marcelinho vestiu a camisa de times como Corinthians, Botafogo, Fluminense, Panionios (Grécia) e Almería (Espanha). Formado em Educação Física, em 2011 foi gerente de futebol da Base do Corinthians e, em 2012 e 2013, do Avaí. Trabalhou depois nas mesmas funções na HWT Sports, empresa que promove intercâmbio de jovens atletas brasileiros para universidades americanas.

 

Incentivo

As categorias de Base da Associação Atlética Ponte Preta contam com apoio do PROJETO PONTE PRETA FUTEBOL DE BASE – ESTRUTURA PARA DESENVOLVIMENTO DE TALENTOS DO FUTEBOL – ANO 3,  LPIE: Nº. 75/2016, Certificado de Incentivo ao Desporto (CID) Nº. 468/2017, publicado em diário oficial em 22 de março de 2017, junto a Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, Decreto nº 55.636/10 e Resolução SELJ nº 10, de 28 de março de 2017, e das empresas CBP Brasil/Inducol, COLORMAQ, CERATTI, VIAPOL, PILOT e KODILAR.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS