No primeiro jogo fora de casa, Ponte empata com a Ferroviária

Foto:Tom Magno

Em uma nova partida marcada pelo forte calor, a Ponte Preta repetiu o mesmo placar da rodada de estréia do Paulistão e empatou nesta quarta (23) em 0 a 0 com a Ferroviária, na Arena Fonte Luminosa. A Macaca foi mais agressiva no primeiro tempo, em que chegou a ter três chances claras de gol, e também teve boas chances no final da etapa complementar, mas não conseguiu balançar as redes. Com o resultado, a Ponte vai a 2 pontos e fica temporariamente na vice-liderança do grupo A, posição que pode mudar no complemento da rodada, entre hoje e amanhã. “Melhoramos em relação ao primeiro jogo, mas ainda temos que crescer mais: vamos colocar a cabeça no lugar porque no final de semana temos um jogo muito importante e precisamos de três pontos”

O jogo

A Ponte Preta começou indo pra cima e já no primeiro lance Gerson Magrão por pouco não abriu o placar: o camisa oito saiu em velocidade, se livrou de três adversários e chutou com categoria por cima do goleiro, mas a bola passou raspando por cima do travessão.

Aos oito, Matheus Vargas viu Hugo Cabral bem posicionado na zaga adversário e chutou para o atacante, mas a zaga adversária conseguiu cortar. Aos 15, novo lance de Matheus Vargas, que tentou avançar pelo meio e foi barrado com falta. Aos 17 o adversário conseguiu chegar ao gol alvinegro, mas Ivan defendeu com tranqüilidade em dois tempos.

Aos 26, novamente Gerson Magrão teve excelente chance de abrir o placar. Após bela jogada de Luís Ricardo, o camisa 8 recebeu dentro da área e soltou uma bomba, que bateu na trave da Ferroviária. Aos 38, depois da parada técnica, o adversário volvou a chegar com perigo e Ivan fez boa defesa em chute de Rayan. Aos 34, a Ponte teve a melhor chance na etapa inicial: Matheus Vargas armou contra-ataque e deu belo passe para Hugo Cabral, que ultrapassou a zaga, mas errou na conclusão.

Aos 36, mais uma vez Ivan brilhou, defendendo chute à queima-roupa de Fellipe Matheus.  O jogo seguiu até os 49, sempre aberto e com as duas equipes se alternando em ataques, mas a primeira etapa terminou sem ninguém mexer no placar. No segundo tempo a Ferroviária começou mais agressiva e aos 21 chutou bola na trave de Ivan. Aos 31, Thalles fez cruzamento na segunda trave, mas a bola passou por todo mundo.

Aos 36, Matheus Oliveira saiu bem em contrataque, mas foi parado por falta. Na sequência, em novo lance agudo da Macaca, a bola foi cruzada na área e Thalles acertou de cabeça, mas a bola foi pra fora. O atacante reclamou de carga da zaga adversária, mas o juiz não marcou. Aos 43, Matheus Oliveira deu bom chute direto de fora da área e a bola passou raspando a trave adversária.

Aos 47, Igor Meritão parou com falta o contrataque da Ponte.Tiago Real levantou para dentro da área, Thalles dominou no peito e cruzou novamente na segunda trave, mas a defesa cortou. No escanteio, Thalles recebeu na área e chutou, mas errou a conclusão.  Aos 49, em nova cobrança de escanteio, Matheus Oliveira  levantou certeiro na área e Reginaldo cabeçou, mas a bola passou rente à trave. Sem tempo para mais nada, o árbitro apitou o final do jogo: 0 a 0 em Araraquara.

Ficha do jogo

Ponte Preta: Ivan, Luís Ricardo, Reginaldo, Renan Fonseca e Giovanni; Nathan, Matheus Vargas (Tiago Real), Gerson Magrão (Matheus Oliveira)  e André Castro, Thalles e Hugo Cabral (Dudu). Técnico: Mazola Jr.

Ferroviária: Tadeu, Diogo Mateus, Rodrigão, Rayan e Arthur Henrique; PH, Felipe Ferreira (Diego Gonçalves), Fellipe Mateus e Tony (Igor Meritão); Maurinho e Lúcio Flávio (William). Técnico: Vinícius Munhoz.

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho. Auxiliares: Daniel Luis Marques e Daniel Paulo Ziolli.

Cartões amarelos: Thalles, Reginaldo, Luís Ricardo  (Ponte); Lúcio Flávio, PH, Igor Meritão (Ferroviária)

Local: Fonte Luminosa, Araraquara

Público: 1066

Renda: R$ 15.870,00

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS