Tadao assume diretoria de Base da Macaca

O pontepretano Jaime Tadao Maruyama acaba de assumir o cargo de diretor das categorias de Base da Macaca. Tadao, que já ocupava o cargo de segundo secretário da Diretoria Executiva e tem um histórico de bons trabalhos junto à Base, ocupa o lugar de Fábio Abdalla, que se desligou do cargo e a quem a Macaca agradece pelos bons serviços prestados.

"Repito as palavras que disse quando entrei para a nossa diretoria: sempre estive ajudando a nossa Ponte Preta e, independentemente de estar ou não na diretoria, vou sempre colaborar com a nossa Macaquinha mais querida do Brasil. Acredito que uma boa Base, integrada com o futebol profissional, é fundamental para as pretensões de qualquer time e trabalharemos muito para melhorar o que já é bom”, pontua Tadao, que por formação é engenheiro agrônomo e engenheiro de segurança no trabalho.

Ele acrescenta que tem um bom relacionamento com o ex-diretor Fábio Abdalla e que esse fato deverá facilitar a transição na direção do setor. “O Fábio e eu temos um relacionamento que vai além do profissional e mesmo ele não estando mais no comando da Base, com certeza irá nos ajudar com o conhecimento que adquiriu durante o ano em que foi diretor”, diz.

Fakenews

A Ponte Preta aproveita a ocasião para alertar a torcida em relação a notícia falsa publicada n Internet, afirmando – sem nenhum tipo de embasamento ou verdade – que a instituição terceirizou a Base.  As categorias de Base são TOTALMENTE administradas e de propriedade da Ponte e, mesmo que uma terceirização não ferisse o estatuto (e fere), jamais a presidência e diretoria executiva compactuariam com uma ideia dessas.

A afirmação, portanto, de uma terceirização, é mentirosa, despropositada e irresponsável. Em resumo: Fakenews.

 

Incentivo

As categorias de Base da Associação Atlética Ponte Preta contam com apoio do PROJETO PONTE PRETA FUTEBOL DE BASE – ESTRUTURA PARA DESENVOLVIMENTO DE TALENTOS DO FUTEBOL – ANO 3,  LPIE: Nº. 75/2016, Certificado de Incentivo ao Desporto (CID) Nº. 468/2017, publicado em diário oficial em 22 de março de 2017, junto a Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, Decreto nº 55.636/10 e Resolução SELJ nº 10, de 28 de março de 2017, e das empresas CBP Brasil/Inducol, COLORMAQ, CERATTI, VIAPOL, PILOT e KODILAR.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS