Estréia avassaladora: Aspirantes da Ponte vencem equipe de Macau por 5 a 1 no primeiro jogo da Belt and Road Hakka Cup International, na China

Foto:PontePress

Se a primeira impressão é a que fica, a China com certeza se lembrará de maneira positiva da Ponte Preta por muito tempo! Afinal, na estréia da equipe SUB23 alvinegra Belt and Road Hakka Cup International, na cidade de Meizhou, a Macaca atropelou o Chao Pak Kei (CPK), equipe de Macau, por 5 a 1.

“Foi um belíssimo jogo, terminamos o primeiro tempo vencendo por 1 a 0 e, no segundo,abrimos mais três. Depois o CPK fez o dele e nossos aspirantes valançaram as redes ainda mais uma vez. Agora voltamos a campo amanhã e se vencermos já estamos garantidos na segunda fase. Sem dúvida, estamos chamando a atenção e deixando a imagem da Ponte marcada por aqui”, comemora Eric Silveira, diretor de Marketing da Ponte e chefe da delegação que está na China.

Os gols da alvinegra foram anotados pelos meias-atacantes Tyrone, Mirray e Gabriel e pelo atacante David, que entrou aos 20 do segundo tempo para balançar as redes por duas vezes . “Além deles, a atuação do volante Heitor também chamou a atenção neste jogo inicial”, conta Silveira, que recebeu o convite para que o SUB23 participasse da competição, padrão FIFA, quando esteve representando a Macaca em uma Feira de Negócios na China (em ambas as ocasiões, a Ponte não teve nenhum custo para participar dos eventos)

A Macaca do técnico Angelo Forone volta a campo às 15 horas de sábado (horário local) contra a equipe chinesa do Meixian Techand . O torneio – que  reúne tem equipes asiáticas, africanas e européias, além de times convidados times da América do Sul, Macau e Taiwan – será disputado até dia 10 de janeiro na cidade de Meizhou, que tem uma população de 5,5 milhões de habitantes, é localizada na região nordeste da China, na província de Guandpong. A cidade é a que concentra o maior número de chineses da etnologia Hakka (ou Hacá) e é conhecida como a capital do futebol chinês. Meizhou já revelou vários técnicos e jogadores para a seleção nacional do país, tem três times disputando a liga principal chinesa e sedia o Centro de Treinamento Nacional de Futebol para a Juventude Chinesa.  “Belt and Road” é o nome em inglês de uma iniciativa de desenvolvimento infraestrutural chinesa em transporte terrestre e marítimo em diversos países da Ásia, África e Europa. Assim, o torneio sediado em Meizhou é também uma forma de integração entre os países participantes.

“Para a Ponte é não só uma excelente oportunidade de ampliar ainda mais a internacionalização de  nossa marca como também de realizar negócios com as equipes participantes, sejam elas da China ou dos demais continentes, Aliás, é sempre importante ressaltar neste sentido que todos os atletas aspirantes têm contrato com a Ponte Preta”, enfatiza o diretor financeiro Gustavo Valio, Ele, assim como o diretor Jurídico Giuliano Guerreirom integram a delegação uma vez que, caso surjam oportunidades imediatas de negócios, a presença de ambos possibilitará que sejam analisados e fechados na hora.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS