Abdalla e diretoria lamentam permanência na série B, mas parabenizam time pela “caminhada épica” e negociam permanência de Gilson Kleina

Foto:PontePress/FábioLeoni

Como todo pontepretano que se preza, o presidente José Armando Abdalla Júnior e a diretoria alvinegra acompanharam cada segundo da partida deste sábado e ficaram extremamente tristes porque o acesso não veio. Porém, fazem questão de parabenizar toda a equipe da Macaca e o técnico Gilson Kleina – com quem já estão negociando a permanência frente ao comando da Macaca – pela “caminhada épica” que tirou a Ponte de uma posição onde corria risco de descenso e levou ao último jogo com 65% de chance de subir.

“Infelizmente não conseguimos, mas o que Gilson fez não pode ser relevado: tínhamos menos de um por cento de chance de acesso e estávamos perto da zona de rebaixamento, e saímos desta situação para um sequência de sete vitórias e um empate. Infelizmente hoje o resultado esperado não veio, mas por tudo que ele mostrou estamos certos de que ele fará um bom trabalho no Paulista e por isso queremos que fique”, diz o mandatário pontepretano , que  espera concluir as negociações com sucesso ainda na próxima semana.

A diretoria executiva também cumprimenta o time e a torcida. “Tivemos, sim, oscilações durante a competição, mas é importante notar que conquistamos a vaga com os mesmos atletas que já estavam aqui quando Gilson chegou. Como ele mesmo pontuou, a nota de cem estava amassada, mas mantinha seu valor e foi assim que este grupo se mostrou: valoroso, de raça, com o espírito da Ponte Preta. Nosso torcedor também fez seu pape. Foi um ano em que tivemos que fazer vários jogos sem ele e o nos fez muita falta. Nesta reta final pudemos estar juntos e a torcida, como sempre faz, abraçou o time, inclusive aqui em Florianópolis”, afirma.

O presidente conclui dizendo que a meta maior da diretoria para 2019 será o acesso. . “Quando assumimos neste ano nossa meta e objetivo principal foi subir, porém tivemos obstáculos e por pouco não conseguimos. Agora estamos mais maduros, com maior experiência, e acreditamos que o acesso virá em 2019, bem como um bom Paulista”, finaliza.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS