Invicta há 5 jogos, Ponte Preta enfrenta BOA Esporte nesta terça-feira (6) em mais uma “final” de campeonato

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

A Ponte Preta a jornada de recuperação no Campeonato Brasileiro Série B e tem mais um compromisso fundamental, nesta terça-feira (6), no Moisés Lucarelli. A Macaca – que está há 5 jogos invicta (com quatro vitórias e um empate) -, enfrenta o BOA Esporte, às 20h30, em jogo válido pela 35ª rodada da competição. Uma partida difícil, pois da mesma forma que só a vitória interessa para a Ponte seguir na luta pelo acesso, é o jogo de sobrevivência da equipe mineira na Série B. Enquanto os campineiros entram em campo na 8ª posição, com 50 pontos ganhos, o adversário está na última colocação, com 29 pontos.

“Eles virão para o jogo da vida deles. Nós estamos lutando a cada jogo, sabendo que se ficarmos para trás, não temos mais para onde chegar e eles virão da mesma maneira. Será um duelo bastante interessante, cada um dando o melhor de si, para conquistar os três pontos, que são fundamentais, mas em condições diferentes”, afirma João Vitor, que destaca a importância do time estar concentrado no objetivo.

“Vamos em busca de fazer o nosso melhor, de conseguir os pontos que precisamos e ver o que acontece na parte de cima, para ver se encostamos mais nos adversários. Temos que concentrar no trabalho, entrar em campo com a determinação que estamos tendo, sabendo que é difícil manter esse ritmo e intensidade. Mas que estejamos focados para fazer o melhor dentro de campo, pois a vitória é fundamental”, ressalta o volante, que avalia o que precisa ser melhorado.

“Estamos em uma pressão tão grande nessas últimas rodadas, que cada jogo é um suspiro para entrar na briga. Às vezes, nos finais de jogos, estamos nos precipitando e com o domínio do resultado, podemos ter mais a posse de bola e fazer o adversário correr mais. E está acontecendo o contrário. Cada vez mais, com a bola no pé do adversário, corremos os risco de tomar gol e prejudicar o jogo. Que tenhamos mais esse controle ao longo da partida”.

O técnico Gilson Kleina ainda tem dúvidas em relação ao time titular, mas conta com o 12º jogador: a torcida pontepretana. “Espero a presença do nosso torcedor. Nesse Campeonato Brasileiro, tivemos seis jogos sem a presença da torcida e outros dois fora de Campinas. Restam dois jogos dentro de casa e amanhã é mais uma decisão. Quando o torcedor vai no Majestoso é um combustível que serve como a melhor preparação de todos. Não tem nada melhor do que chegar no estádio e ver que a torcida está mobilizada, em ver o melhor dos atletas. Que a gente possa dar mais uma alegria aos pontepretanos”, diz o treinador, que finaliza. “Que ao lado do nosso torcedor, que joga junto, tenhamos essa energia. A cada jogo para nós é uma decisão. Vamos mais uma vez passar por esse sentimento e espero que continuemos competentes”.

Ingressos

Os valores das entradas de arquibancada são de R$20 (inteira) e R$10 (meia), com um detalhe: torcedor que for ao estádio com a camisa da Ponte paga meia. Tudo feito para que o torcedor deixe o Majestoso ainda mais preto e branco. Também haverá 300 ingressos para venda na VIP, a R$ 60,00 e R$ 30,00. A comercialização nas bilheterias do estádio é das 11 até às 19 horas e, no dia do jogo, até o final do primeiro tempo. A partida desta noite tem transmissão prevista pelo Premiere. Outra opção é ouvir pelas rádios esportivas de Campinas, as AMs 870, 1170 e 1270, ou a FM 99,1. As webrádios PonteNews, Esportiva, Futebol Interior e Macacada Reunida também transmitem o duelo.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS