Consolidando a boa campanha no Paulista, Juniores atropelam Matonense por 5 a 0 e praticamente garantem vaga pras quartas de final do Paulista SUB20; Felipe Moreira destaca: “Estamos no caminho certo”

Foto:PontePress/RodrigoCeregatti

Os Juniores da Macaca entraram em campo na tarde de ontem (6) em Matão e atropelaram a Matonense com uma goleada de cinco a zero na penúltima rodada da 3ª fase do Paulista SUB20 e, com o resultado, deram um passo gigantesco para conquistar a vaga na fase de quartas de final da competição.  Como só resta uma partida para terminar a atual etapa e a Macaca chegou aos nove pontos no grupo 12, contra seis do segundo colocado (a Matonense), a vaha só deixa as mãos pontepretanas no caso de uma combinação de resultados altamente improvável.

A Ponte tem saldo de sete gols positivos e a Matonense, de cinco negativos. Ou seja, para a Macaca ficar de fora das quartas seria necessário que na próxima sexta o time do técnico Felipe Moreira perdesse do lanterna Santo André e a Matonense ganhasse do líder Palmeiras por goleadas tão grandes que eliminassem essa diferença de saldo de 12 gols entre as equipes. “Nossa perspectiva é muito positiva, ainda mais depois da boa vitória de ontem contra um adversário direto, já que as duas equipes estavam com seis pontos. Graças a Deus e a muito trabalho estamos fazendo um excelente Paulista, nos últimos 15 jogos foram 12 vitórias, um empate e só duas derrotas, o que indica que estamos no caminho certo”, diz o treinador.

Os gols na goleada contra a Matonense foram marcados no primeiro tempo por Lyncon (aos 18 minutos), Mateus Jesus (25)  e Xavier (38). Na etapa complementar, Léo (aos 26) e novamente Xavier (aos 27) deram números finais ao placar. Vale destacar que o atacante Mateus Jesus chegou com o gol a ontem à marca de sete na competição e passa a ser o principal goleador da Macaca após a saída de Yuri. Lyncon vem logo atrás, com seis gols marcados.

A Macaca fechará sua participação nesta fase na próxima sexta-feira, feriado de 12 de outubro, às 15 horas em Águas de Lindóia, diante do Santo André. Seguirão para a próxima fase os oito melhores times do Estado, que se enfrentarão em jogos de ida e volta em mata-mata.

Base em alta

Além do SUB20 alvinegro, a equipe SUB15 venceu ontem o segundo dérbi da competição (por 2 a 0, mesmo placar da primeira vitória) e assim garantiu de maneira antecipada a classificação para as quartas. No grupo doSUB17, apenas uma das vagas já está definida – para o São Paulo, que se isolou na liderança – e a segunda permanece em disputa pelas demais equipes. Caso o Juvenil a conquiste, será o segundo ano segundo em que a Macaca emplaca as três equipes de Base nas etapas decisivas da competição – no ano passado, após 35 anos sem que isso tivesse ocorrido, todas chegaram às quartas e ao fim da competição o SUB17 sagrou-se campeão paulista e o SUB20, vice-campeão .

“Mais uma vez temos as tres equipes em fase avançada da competição e podemos repetir o feito do ano passado.  O SUB17 é o único que ainda não tem uma situação definida, mas faz uma boa campanha e temos a expectativa de que isso se consolide mais uma vez. Ficamos muito felizes porque isso mostra um trabalho forte na Base, que tem revelado grandes talentos nos últimos anos, e esse é nosso principal intento, sempre”, diz Fábio Abdalla, diretor das categorias de Base alvinegras.

Incentivo

As categorias de Base da Associação Atlética Ponte Preta contam com apoio do PROJETO PONTE PRETA FUTEBOL DE BASE – ESTRUTURA PARA DESENVOLVIMENTO DE TALENTOS DO FUTEBOL – ANO 2,  LPIE: Nº. 75/2016, Certificado de Incentivo ao Desporto (CID) Nº. 468/2017, publicado em diário oficial em 22 de março de 2017, junto a Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, Decreto nº 55.636/10 e Resolução SELJ nº 10, de 28 de março de 2017, e das empresas CBP Brasil/Inducol, COLORMAQ, CERATTI, VIAPOL, PILOT e KODILAR.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS