Em jogo disputado, Ponte Preta empata com o Goiás em 2 a 2

Foto:RosironRodrigues/Goiás

Em um jogo disputado, a Ponte Preta foi a Goiânia e, com muita rapidez e eficiência,  ficou na frente dos donos da casa até os 40 do segundo tempo, mas acabou tomando o empate logo após expulsão do atacante Júnior Santos.  O primeiro gol alvinegro foi justamente de Júnior Santos, após belo passe de calcanhar de Matheus Vargas, e o segundo, um golaço de André Luís.

O goleiro Ivan também foi destaque do embate, com pelo menos quatro ótimas defesas. A Ponte agora tem 37 pontos e ocupa a 11ª posição neste momento – a rodada só termina amanhã .  A Ponte volta a campo já na noite desta terça-feira, contra o Brasil de Pelotas, no Majestoso.

O jogo

A Ponte Preta já começou a partida ligada e o gol saiu em jogada rápida aos quatro minutos. Em jogada de velocidade, Júnior Santos recebeu lindo passe de calcanhar de Matheus Vargas, que estava na entrada da área do Goiás, e bateu bem colocado no canto esquerdo de Marcos. Ponte 1 x 0 Goiás.  A Macaca queria mais e continuou indo pra cima, e aos dez cruzou boa bola na área, mas a defesa do Goiás cortou. Aos 18, Júnior Santos recebeu na área e rolou para trás, mas Gilberto bloqueou a jogada.

Aos 23, André Luís fez uma pintura: o atacante deu um chute perfeito de fora da área, de canhota, e o goleiro adversário se esticou todo, mas não conseguiu alcançar: Ponte 2 x 0 Goiás.  Três minutos depois, foi a vez do Goiás descontar: Michael recebeu aberto na ponta direita e cruzou para Tiago Luís que, em posição duvidosa, completou para o fundo das redes  sem chance para Ivan.

A Ponte quase ampliou na sequência: aos 27, André Luís recebeu na área e finalizou com  força, mas Marcos segurou. Na sequência,em ataque do adversário  Lucão cabeceou e Ivan fez a primeira boa defesa da noite. Aos 35, Tiago Luís cobrou boa falta de longe, mas Ivan rebateu. Aos 39, preocupação na área alvinegra, quando sem querer Lucão pisou na mão do goleiro. O camisa 1 da Ponte sentiu fortes dores, mas conseguiu se recuperar.

Aos 46, o momento de maior perigo pra Ponte na etapa inicial. Tiago Luís arriscou da intermediária um belo chute, e Ivan espalma para o lado. No rebote, Michael finalizou fraco, e o goleiro da Ponte defendeu.

No segundo tempo, logo aos dois, Matheus Vargas teve boa chance, mas foi travado na  finalização pela defesa do Goiás. Aos quatro, Matheus Vargas arriscou de novo, mas Marcos fez a defesa.  Aos seis, Roberto finalizou cruzado e teve boa chance de ampliar, mas a bola não entrou. Aos 11, após cobrança de escanteio, David Duarte cabeceou firme, mas Ivan fez boa defesa.

Aos 22, Tiago Real, que entrou no lugar de Vargas, escapou pela direita e fez belo cruzamento, mas ninguém conseguiu arrematar o lance. Três minutos depois, Ivan fez outra defesa em chute de Rafinha.  Aos 39, Júnior Santos oi expulso em lance estranho. O jogador estava caído com câimbras e, na sequência, o juiz mostrou o cartão vermelho ao atacante. No minuto seguinte, com um a menos, a Ponte sofreu o empate: Davi Duarte fez de cabeça.

Aos 47 minutos, alguns refletores do estádio desligaram e a partida foi paralisada.  O árbitro conversou com os atletas das duas equipes, que aceitaram retomar o jogo mesmo com a iluminação um pouco prejudicada. A Ponte ainda teve uma última chance de marcar o terceiro, aos 55, em lance rápido com Hyuri, mas o atleta acabou adiantando a bola demais. Aos 57, o juiz apitou o final de jogo: Ponte Preta 2 x 2 Goiás.

Ponte Preta – Ivan, Igor Vinícius, Renan Fonseca, Reginaldo e Nicolas; João Vitor (André Castro), Nathan e Matheus Vargas (Tiago Real); André Luís (Hyuri), Júnior Santos e Roberto. Técnico:  Marcelo Chamusca

Goiás – Marcos, Alex Silva (Caíque Sá), Victor Ramos,  David Duarte e Ernandes; Gilberto, Giovanni (Léo Sena) e Renato Cajá; Tiago Luis (Rafinha), Lucão e Michael. Técnico: Ney Franco.

 Juiz: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS). Auxiliares: Leirson Peng Martins e André da Silva Bittencourt . Quarto árbitro: Breno Vieira Souza.

Cartões amarelos: Nicolas, Ivan;  Giovanni, Davi Duarte, Thiago Luís e Michael (Goiás)

Cartão Vermelho: Júnior Santos

Público total: 10.442

Renda: 164.745

Local: Estádio Olímpico – Goiânia

Campeonato Brasileiro da série B, rodada 28

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS