Ponte Preta empata com o Oeste, em Barueri, em partida sem gols

No único jogo sem gols da rodada, a Ponte Preta empatou com o Oeste em Barueri. Com o resultado, a Macaca está na décima posição, com 36 pontos, a sete do G4. O time alvinegro volta a campo Às 19h15 do dia 21 de setembro, contra o Goiás, em Goiânia; “Foi um resultado ruim para nossas pretensões de subir para a série A, mas enquanto houver chances continuamos acreditando e vamos nos esforçar para isso”, diz o goleiro Ivan, que ao lado de André Luís foi um dos destaques do time na partida.

O jogo

Querendo abrir logo o placar, a Ponte já começou indo pra cima, com André Luís descendo rapidamente, mas sendo cortado pela defesa adversária. NA sequência, ainda no primeiro minuto, Igor fez bom levantamento dentro da área e Júnior Santos subiu mais que a defesa adversária, mas cabeceou por cima.

A Macaca continuou pressionando e aos seis André Luis recebeu pelo lado direito, invadiu a área e chutou forte nas redes, mas pelo lado de fora. Aos 11 o Oeste teve boa chance e Zé Eduardo chutou com perigo para excelente defesa de Ivan . Aos 17, André Luís recebeu a bola na marca do pênalti e chutou rente à  trave esquerda do goleiro Tadeu.

Aos 18, Cássio deu solada violenta em Júnior Santos, digna de expulsão, mas o árbitro deu apenas amarelo e advertência verbal ao jogador. No minuto seguinte, o próprio Júnior Santos chutou forte de fora da área, mas a defesa do Oeste jogou para escanteio.  Aos 20, Danilo Barcelos levantou dentro da área adversária, mas Patrick cortou

Aos 25, em lance de ataque adversário, Ivan saiu na bola e Patrick pulou por cima do goleiro e se jogou no chão, simulando pênalti que o árbitro não marcou,mas também não deu cartão pela simulação.  Aos 29, Júnior Santos teve nova chance, mas a bola terminou nas mãos de Tadeu. Aos 31, Ivan brilhou em defesa À queima-roupa de chute forte de Zé Love. Aos 35, Danilo Barcelos chegou bem pelo lado esquerdo, mas foi travado na hora de cruzar e a bola saiu para escanteio.

Os 41, André Luis fez uma das mais bonitas jogadas da partida. O atacante dominou na entrada da área e passou por três marcadores. A bola acabou sendo cortada pelo goleiro Tadeu, batendo de volta em André e saindo pra fora. Aos 43, mais uma vez André Luis recebeu na entrada da área, de costas para a marcação e fez o giro, mandando por cima do gol. A Ponte ainda teve mais uma chance antes do primeiro tempo terminar, com Tiago Real, que fez jogada individual pelo lado esquerdo, mas foi desarmado na área e reclamou de pênalti.

Os dois times voltaram iguais para o segundo tempo e a Macaca mais uma vez começou indo pra cima, com Junior Santos descendo pelo lado esquerdo e cruzando para área, mas a defesa adversária afastou. Aos 12, André Luís desceu com velocidade e encontrou Victor Rangel de frente para a área. Ele chutou forte, mas a bola saiu por cima do gol.

No minuto seguinte, Nathan teve boa chance e chutou firme para ogol, ma a defesa oponente desviou para escanteio. Aos 20, Júnior Santos fez boa jogada pelo lado esquerdo, mas no cruzamento a bola foi desviada para escanteio pela zaga. Aos 27, Ivan espalmou petardo de Marcinho.

Aos 35, mais uma vez Ivan impediu gol do adversário, espalmando por cima do gol uma bomba de Patrick. Aos 37, Reginaldo por pouco não marca de cabeça em bola alçada na área. O defensor reclamou de ter sido deslocado pela zaga adversária. Aos 39, Matheus Vargas recebeu na entrada da área e chutou forte, carimbando o zagueiro Patrick. Aos 45, João Vitor recebeu boa bola de Igor, mas acabou esticando demais a jogada e o lance acabou em falta de ataque.

Aos 47, o Oeste barrou bom lance de Matheus Vargas com falta próximo a área, que rendeu cartão amarelo para Lídio.  Na cobrança de Igor, Zé Love desviou de cabeça para escanteio. Na cobrança Danilo Barcelos jogou para Renan Fonseca cabecear na área, mas o árbitro marcou falta no goleiro e na sequência encerrou a partida.

Ponte Preta – Ivan, Igor, Reginaldo, Renan Fonseca e Danilo Barcelos; Nathan, Paulinho (João Vitor), Tiago Real (Matheus Vargas), André Luís, Júnior Santos e Victor Rangel (Roberto).  Técnico: Marcelo Chamusca.

Oeste – Tadeu; Bonilha, Joilson,  Patrick,  Conrado e Lídio; Marciel,  Cássio (Ceará),  Mazinho,  Marcinho (Pedrinho) e Zé Eduardo. Técnico: Roberto Cavalo

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo. Auxiliares  Diogo Carvalho Silva e Carlos Henrique Cardoso de Souza. Quarto árbitro: Rodrigo Gomes Paes Domingues.

Cartões amarelos: Joilson, Cássio e Patrick (Oeste); Reginaldo e Matheus Vargas  (Ponte)

Público: 886 pessoas

Renda: R$ 7.210

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS