Gerente alvinegro Marcelo Barbarotti fala sobre conversa entre elenco e torcida, que cobrou empenho e deu apoio a atletas

Representantes da torcida pontepretana estiveram na tarde desta terça-feira (11) no Centro de Treinamento da Macaca, onde conversaram com os atletas. Segundo o gerente de futebol Marcelo Barbarotti, os torcedores expuseram o ponto de vista de quem espera melhores resultados dentro de campo.

“Os torcedores colocaram a visão deles, de quem está na arquibancada, e às vezes eles precisam de informações. Hoje a rede social tem muita força e falaram que a Ponte tem salário atrasado, o grupo rachado, e isso não é verdade. A Ponte está rigorosamente em dia, um grupo de trabalho descente, trabalhador e que se dá muito bem”, disse Marcelo, que reforçou que e conexão time-torcida é importante.

“De maneira pacífica  sem nenhum tipo de violência ou xingamento, eles disseram o que pensam. Não vi nenhum problema. Nos dois dérbis nós conversamos com eles também e não houve problema. Pediram garra, vontade e a Ponte Preta é caracterizada por isso. Entendemos o lado do torcedor e da forma como vieram, com troca de ideia, não vejo de maneira problemática e desrespeitosa”, explicou o gerente.

Para Barbarotti, a torcida mostrou que acredita no elenco. “Os torcedores passaram que viram qualidade apresentada nos dois dérbis, com a vitória no primeiro e só que não ganhamos o segundo por causa da arbitragem, e eu concordo com eles. Falaram que esperam o espírito do dérbi nos outros jogos. Basicamente foi isso”, contou o dirigente, que também destacou a fala do técnico Marcelo Chamusca para os torcedores presentes.

“O Chamusca deixou claro que acredita no projeto da Ponte Preta. Disse que avaliou o elenco e o campeonato para vir para cá. Achei legal da parte dele em mostrar a visão de um profissional experiente da área, que acredita no clube”, completou.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS