Brigatti enaltece luta da equipe em dia infeliz da arbitragem e valoriza mais um ponto (quatro em seis disputados) conquistado contra o rival em 2018

Foto:Pontepress/FábioLeoni

 

Após o empate em 0 a 0 contra o Guarani, o técnico da Ponte Preta João Brigatti avaliou o desempenho dos atletas, no dérbi 192. Para o comandante, se haveria que ter um vencedor no duelo, este seria o time da Ponte. Tanto pelo futebol apresentado, como também pelos erros de arbitragem contra a Macaca. Paralelo a isso, o treinador ressaltou mais um ponto conquistado contra o maior rival, no ano de 2018. “Não perdemos o clássico esse ano. Se eles quiserem nos vencer, terão que esperar ano que vem”, afirmou Brigatti, que analisa.

“Não vou entrar no mérito de arbitragem As imagens estão aí. Quero enaltecer o espírito de luta da minha equipe. A garra e a determinação. Isso sim é a equipe da Ponte Preta. Se entrarmos nos jogos todas as vezes desta forma, podemos não ganhar, mas perder de forma absurda isso não vai acontecer. Se teve alguma equipe que veio para vencer nesse dérbi campineiro, foi a Ponte Preta”, reforçou o técnico, que explicou uma possível “pilha” dos atletas para o duelo.

“É um derbi. Temos a semana inteira com todo mundo instigando os jogadores. Saímos do hotel, chegamos no estádio carregados nos braços da torcida. Uma chegada maravilhosa. Passamos vídeo motivacional no vestiário, antes da entrada da partida. Os jogadores entram pilhados sim. Cabe ao árbitro tomar conta da partida Se eu soubesse que ele não ia expulsar o Pará, como deveria, eu não teria tirado o Nathan. Mas com certeza, podem ter certeza de uma situação: se fosse nosso jogador ele teria expulsado”, disse Brigatti.

O treinador pontuou sobre o erro do árbitro da partida contra o Guarani, de não ter assinalado pênalti, principalmente em André Luís. “Em relação aos outras duas partidas que empatamos contra o Avaí e perdemos frente ao Londrina, teve situações até menos pior que essa. Se foi pênalti tem que marcar e se não foi não tem que marcar. Isso que ficamos indignados. Mas não quero entrar em detalhes e cabe a diretoria tomar providências”, afirmou.

Apesar do resultado não ter sido o desejado, Brigatti ressalta que o time está em uma crescente. “Óbvio que lamentamos, pelo fato de jogar em casa, a falta desses dois pontos, principalmente pelo o que aconteceu na partida. Mas se tratando de um clássico, em um jogo que se perdêssemos, o fator motivacional seria abalado ao longo do campeonato, nos damos feliz por esse empate. Nós não perdemos o dérbi esse ano. Foi a vitória lá embaixo e o empate aqui. Sabemos que a equipe está no caminho certo. Com esse espírito que entramos, vamos recuperar esses pontos e encostar no G4”, completou.

 

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS