Ponte perde para o Juventude por 1 a 0 e terá que ir em busca de reabilitação no sábado (28) contra o Coritiba

Foto:PontePress/FábioLeoni

 A Ponte Preta perdeu por 1 a 0 para o Juventude na noite desta terça (24), na Fonte Luminosa em Araraquara. O adversário marcou logo aos quatro minutos e a partir daí estabeleceu-se a tônica do jogo: a Macaca pressionou o tempo todo e o time gaúcho se fechou atrás. Seguiram-se então praticamente mais de 80 minutos de ataque contra defesa, mas, infelizmente para Ponte, venceu a defesa.

Com o resultado a Ponte se mantém com 24 pontos na competição, na oitava colocação, e agora está a três do primeiro integrante do G4. O próximo embate alvinegro é no Paraná, contra o Coritiba, às 19 horas do próximo sábado (28).

O jogo

A Ponte começou atacando o adversário e antes mesmo do primeiro minuto Renan Fonseca tentou uma ligação direta, mas o goleiro do Juventude se antecipou e ficou com a bola. Logo na sequência, Júnior Santos arrancou pela direita em velocidade, ultrapassou dois marcadores, mas acabou travado pelo terceiro.

Aos dois minutos, a Ponte marcou firme a saída de bola e Matheus chutou forte para frente e João Vitor rebateu mandando para contra-ataque alvinegro. Danilo Barcelos pegou o passe e teria boa chance, mas a arbitragem marcou impedimento. Aos quatro, porém, foi o Juventude que abriu o placar: Maurício cruzou pela  esquerda e Elias  se antecipou a Léo Santos e, de cabeça, mandou pra dentro.

Em vantagem, o time gaúcho se fechou mais atrás, dificultando a penetração da Ponte. Aos 15, Paulinho cruzou rasteiro próximo à linha de fundo, mas o goleiro Matheus pegou a bola. Quatro minutos depois, João Vitor lançou André Luís, mas a zaga adversária cortou. Aos 24, por muito pouco não saiu o gol de empate: Após cobrança de escanteio, Nathan dominou e foi travado pela zaga do adversário em cima da hora. A bola sobrou pra Paulinho, que deu um belo voleio e Matheus pegou em dois tempos.

Aos 26, nova chance da Macaca: Júnior Santos cruzou forte da direita e Matheus rebateu no reflexo. A bola ficou pingando na área, mas o goleiro do Juventude conseguiu se recuperar e, desta vez, segurou. A equipe alvinegra continuava a pressionar firme e aos 30  André Luis tocou para  Orinho, que cruzou muito forte. João Vitor recuperou, mas não conseguiu lançar para Barcelos.

Aos 33, Júnior Santos saiu em rapidez pela esquerda e chutou forte, mas a bola desviou na zaga. Na cobrança de escanteio, quase o gol olímpico: Danilo Barcelos bateu fechado e Matheus segurou.  Aos 35, novo chute do camisa 9. A bola bateu em Micael e os jogadores da Ponte pediram pênalti, mas arbitragem deu escanteio. Aos 39, André Luís e Fred disputaram bola na área e o atacante alvinegro caiu. O árbitro marcou falta para o Juventude e deu cartão para o pontepretano.

Aos 42, Renan Fonseca mandou a bola no meio da área adversária e Júnior Santos tocou de cabeça, mas Matheus defendeu. No minuto seguinte, Bertotto parou André Luís com falta e levou amarelo. Aos 44, Ruan tabelou com André Luis e cruzou certeito, mas Matheus defendeu. A Ponte ainda teve mais uma chance de empatar:  Barcelos cruzou certeiro na cabeça de João Vitor, que mandou em direção ao gol e a bola passou tirando tinta da trave esquerda.

No segundo tempo, o Juventude voltou com a mesma proposta que implementou após o gol na etapa inicial: jogar retrancado para segurar a vantagem.  A Ponte conseguiu chegar pela primeira vez no gol adversário aos oito: João Vitor chutou para Júnior Santos em frente ao gol, mas o goleiro Matheus ficou com a bola.

Aos 24, André Luis jogou na área e Neto Costa quase marcou, mas o zagueiro Micael levou a melhor por cima e fez o corte. No minuto seguinte, Paulinho recebeu na intermediária e mandou um petardo, mas Matheus segurou. Aos 26, André Luis mandou bola certeira no gol, mas o goleiro do Juventude fe milagre, se esticou todo e espalmou para fora.

Aos 37, Ruan pegou bola livre dentro da área e cruzou firme e rasteiro, mas a bola foi forte e Neto Costa não conseguiu arrematar. Aos 48, Júnior Santos teve a última chance da partida em arrancada rápida, mas foi segurado pela zaga. O juiz apitou o final da partida no minuto seguinte: Ponte 1 x 0 Juventude.

Ficha Técnica

Ponte Preta: Ivan,Ruan, Leo Santos, Renan Fonseca e Orinho (Neto Costa); Nathan (Felipe Saraiva), João Vitor, Danilo Barcelos e Paulinho; Júnior Santos e André Luís (André Castro).Técnico: João Brigatti.

Juventude: Matheus, Vidal, Micael, Fred e Diones; Maurício, Bertotto (Amaral), Bruno Ribeiro e Jair (Tony);   Denner e Elias (Guilherme Queiroz). Técnico: Julinho Camargo.

Gol: Elias, aos quatro minutos

Árbitro: Pathrice Wallace Correâ Maia

Auxiliares: Thiago Rosa de Oliveira, Thiago Gomes Magalhães e Rafael Gomes Félix da Silva, de São Paulo, é o quarto árbitro.

Cartões amarelos: André Luís e Felipe Saraiva (Ponte); Bertotto, Fred e Diones (Juventude)

Local: Arena Fonte Luminosa, Araraquara.

Público: 677 

Renda: R$ 7.820,00

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS