Com dois gols de Junior Santos, Ponte derrota o São Bento, conquista a terceira vitória seguida e fica a um ponto do G4

Foto:PontePress/FábioLeoni

Jogando em Sorocaba pela 15ª rodada, a Ponte Preta conquistou na noite deste sábado (14) a terceira vitória seguida no Brasileiro da série B. Junior Santos marcou dois belos gols para a Macaca, que agora soma 24 pontos e está na sexta colocação, a um ponto do G4 – tanto o quarto colocado Avaí quanto o quinto, Atlético-GO, têm 25. O time capitaneado por João Brigatti volta a campo no dia 21 de julho, mais uma vez fora de casa. Desta vez o adversário será o Boa Esporte, em Varginha, Minas Gerais.

O jogo

A partida começou com o São Bento, que precisava da vitória para se reabilitar na competição,  já tentando vir pra cima da Macaca, porém sem muito risco. No minuto inicial Ricardo Bueno desceu para o campo de ataque e tentou cruzar, mas a bola acabou tranquilamente nas mãos de Ivan.  Aos cinco, após cobrança de falta, Nathan colocou de cabeça em direção ao gol adversário, mas a bola saiu.

Aos 11, a Ponte quase abriu o placar em jogada de velocidade trabalhada entre Junior Santos e André Luís. Aos 20, o mesmo Junior Santos teve boa chance, mas foi parado com falta por Tony.  No minuto seguinte, novo ataque alvinegro, mas Ruan teve cruzamento bloqueado pela defesa adversária.

Aos 22, ele de novo: Júnior Santos saiu na velocidade e entregou para André Luis, em passe de calcanhar. O meia avançou e mandou para  Danilo Barcelos, que não conseguiu finalizar. Aos 24,  André Luís mandou um belo chute para o gol e Rodrigo Viana salvou duas vezes, primeiro espalmando a bola do camisa 7 alvinegro e na sequência defendendo o chute de Júnior Santos, que havia pego o rebote.

Aos 31, mais uma vez Viana impediu o primeiro gol alvinegro. Após cruzamento da esquerda, André Luis chutou colocado e o goleiro do São Bento se esticou todo para segurar. Mas aos 38 a Macaca foi implacável e Junior Santos abriu o placar com um golaço: após receber de Murilo, o atacante deu um petardo do bico da grande área que foi morrer no canto oposto do gol do São Bento.

Aos 43, quase a Macaca aumenta. Murilo fez mais uma vez belo lançamento para Danilo Barcelos, que acabou cortado por Tony e a bola saiu para escanteio. Aos 46, em cobrança de falta do São Bento, Doriva levantou na segunda trave, mas Ivan saiu do gol e segurou com facilidade. Na sequência, no último lance da etapa inicial, André Luís teve boa chance, mas o juiz marcou um impedimento duvidoso.

No segundo tempo, o São Bento começou tentando chegar ao gol alvinegro, mas sem muita efetividade.  No primeiro minuto, Ricardo Bueno chutou em direção ao gol de Ivan, mas a bola saiu por cima do travessão. Aos dois, Tony tentou cruzar para Cléo Santos, mas Léo cortou. Aos oito, a Ponte fez contra-ataque rápido e Danilo Barcelos cruzou na área para Junior Santos, mas a zaga cortou para escanteio. Na cobrança, Rodrigo Viana defendeu no susto.

Mas no minuto seguinte, em novo contra-ataque rápido, Igor penetrou em velocidade e tocou para Junior Santos marcar mais um, sem chance para o goleiro. E aos 12 quase Junior Santos marca o seu terceiro, mas Luizão cortou para o escanteio. Na sequência, Viana segurou mais um gol certo alvinegro, desta vez saído dos pés de Danilo Barcelos, que mandou uma bomba de voleio para o gol do adversário.

O São Bento começou a pressionar mais e aos 17 Paulinho teve boa chance, mas Ivan fez boa defesa. A Ponte, por sua vez, começou a ter ainda mais  chances de contra-ataque à Ponte e aos 18 por pouco não ampliou. André Luís chutou para Igor, que estava de frente para o gol e chutou, mas a bola saiu por cima do gol. Aos 28, enquanto Murilo recebia atendimento fora de campo, o São Bento tentou se aproximar da superioridade numérica e fez uma verdadeira blitz na área alvinegra, mas a defesa pontepretana conseguiu segurar o adversário.

Aos 36 foi a vez da Ponte pressionar no ataque, mas a própria Macaca jogou a bola pela lateral para que André Luís – que havia caído próximo à área do São Bento – pudesse ser atendido. Aos 43 a Ponte mais uma vez chegou rápido. Igor passou para Barcelos, mas foi derrubado, o juiz deu vantagem, mas a jogada acabou sendo interrompida.  Finalizado o tempo regulamentar, a arbitragem deu quatro minutos de acréscimos, mas ninguém mexeu mais no placar. Final: São Bento 0 x 2 Ponte Preta.

Ponte Preta: Ivan; Igor, Léo Santos, Renan Fonseca e Ruan; Nathan, João Vitor (Paulinho), Danilo Barcelos e Tiago Real (Murilo, depois Neto Costa); André Luis e Junior Santos. Treinador: João Brigatti

São Bento:. Rodrigo Viana, Tony (Ronaldo), Luizão,  Douglas Assis e  Paulinho; Fábio Bahia,  Doriva, Everaldo e Maicon Souza (Cléo Silva); Marcelinho (Celsinho) e Ricardo Bueno. Treinador: Marquinhos Santos

Gols:  Junior Santos, aos 38 do primeiro tempo e aos nove do segundo tempo

Cartões Amarelos: Paulinho, Tony, Henal  (São Bento), André Luís e André Castro(Ponte Preta)

Árbitro:  Antônio Dib Moraes de Sousa

Auxiliares: Thyago Costa Leitão e Mauro Cézar Evangelista de Sousa

Data: 14/07/2018 – 18 horas

Local: Estádio Valter Ribeiro – Sorocaba/SP

Público pagante: : 2.446. Público total: 2.598

Renda: R$ 39.245,00

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS