Brigatti elogia excelência contra o Figueirense e promete elenco com garra e determinação para o jogo em casa no próximo domingo (8), com a volta da torcida ao Majestoso: ingressos serão vendidos por R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

Foto:PontePress

Uma vitória excelente fora de casa, uma posição no G8 e a expectativa de reencontrar a torcida em casa. Com tudo isso, o técnico interino João Brigatti comemora o momento, mas quer pés-no-chão e empenho para enfrentar o líder Fortaleza no Majestoso no próximo domingo (8) – a diretoria da Macaca já anunciou uma megapromoção para o reencontro do torcedor com o time: os ingressos custarão R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), com venda a partir de quarta, dia 4.

“A volta da torcida é maravilhosa, ela fez muita falta e espero que esse tipo de transtorno, gerado por uma meia dúzia de vândalos, não aconteça nunca mais. Não dá pra prometer resultado, o Fortaleza não é líder à toa e será uma partida muito difícil, em outra situação de jogo, com um Fortaleza muito rápido. Mas vamos com o pezinho no chão e o que eu posso prometer é que não vai faltar empenho, garra e determinação pra ir em busca de mais três pontos”, diz Brigatti.

Sobre a vitória por 2 a 0 ontem, Brigatti faz uma análise positiva. “Fizemos um excelente jogo, em especial no primeiro tempo. O Figueirense é muito difícil de ser batido em casa, mas fomos muito bem na primeira etapa, criamos diversas oportunidades e podíamos até ter matado a partida ali”, diz.

Ele acrescenta que, naturalmente, a equipe adversária veio pra cima da Macaca no tempo complementar. “Evidentemente eles tiveram que atacar, mas nossa defesa se comportou muito bem até que matamos a partida em um contra-ataque. Temos que enaltecer o grupo, é um grupo de guerreiros, criaram e conseguiram a vitória”, pontua.

O treinador valoriza ainda o trabalho feito entre a rodada anterior e este final de semana. “Fiquei feliz por tudo que fizemos nos últimos dez dias. Estudamos bastante o adversário, Vários setores trabalhados neste período e isso deu frutos: o Ivan, que vinha sendo melhor em campo, ontem praticamente não tocou na bola, a defesa se comportou muito bem e quando acionado o Ivan defendia com tranqüilidade. Nosso meio campo e ataque também foram bem e a equipe vai cada vez mais me dando opções. Com mais contratações que virão e os atuais  jogadores dando retorno, a Ponte  vai ficando cada vez mais forte”, conclui.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS