Ponte enfrenta Goiás na noite desta terça (5) no Majestoso e, de volta ao time, Orinho acredita na vitória e ressalta: vamos reverter a atual situação

Foto:PontePress/FábioLeoni

A Ponte Preta entra em campo na noite desta terça, às 21h30, com o desafio de vencer o Goiás e conquistar a primeira vitória no Majestoso – mais uma vez em um jogo sem torcida, o penúltimo sob a punição imposta ao time por causa da invasão de campo de um grupo de torcedores no ano passado.   Os três pontos hoje são fundamentais não apenas para que ocorra o primeiro resultado positivo em casa, mas também para colocar a Macaca em uma posição mais confortável na tabela e iniciar uma sequência positiva.

“A gente sabe da situação e faz tudo pra reverter. O momento é difícil, mas não podemos baixar a cabeça: estamos trabalhando forte , não tem nada perdido. Vamos conseguir a primeira vitória, a gente está aqui para guerrear e vencer”, afirma o lateral Orinho, que está de volta ao time.

O atleta ficou afastado cinco jogos em virtude de lesão no dérbi, quando a Ponte derrotou o Guarani por 3 a 2 no estádio do adversário – desde então, o time alvinegro não registrou mais vitórias.  “Graças a Deus estou de volta, me dediquei muito para voltar e ajudara  equipe. Nunca antes tive uma lesão assim desde que comecei na carreira, foi a primeira vez que fico todo esse tempo fora”, diz.

Orinho acrescenta que, mesmo fora do campo, acompanhou tudo e partilha a responsabilidade de voltar a vencer com os companheiros. “A responsabilidade é grande, mas temos time para reverter. Sabemos que o Goiás está na zona de rebaixamento e ganhou o clássico na última rodada contra o Atlético Goianiense, então virão motivados, temos que ter pé no chão e encarar como uma final”, alerta.

Se dizendo muito motivado para jogar logo mais, o atleta finaliza falando sobre o fato deste ser o penúltimo jogo com portões fechados no Brasileiro. “É muito triste não ter torcida, fica um clima de treino, mas estamos focados pra vencer hoje e e a torcida volta em breve para fazer a diferença. A Ponte é time e série A, precisa voltar de onde nunca devia ter saído e a pra isso a torcida é fundamental.”

No jogo desta noite, o zagueiro Renan – que cumpriu suspensão – também estará à disposição do técnico interino João Brigatti. Dos lados do Goiás, estão suspensos o zagueiro David Duarte e o lateral-direito Alex Silva, e o goleiro Marcelo Rangel e o lateral Caíque Sá também não devem jogar, pois estão no DM. Além disso, o zagueiro Raphael Silva, com lesão muscular, o meia Rafinha, que se e recuperando de pubalgia, também deve ficar de fora.

A partida desta noite tem transmissão em pay-per-view e pelas r[ádios FM 99,1 e Ams 1170, 870 e 1270, bem como pelas webrádios Esportiva, Futebol Interior, PonteNews e Macacada Reunida.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS