Danilo Barcelos afirma que a cobrança pelos resultados começa dentro do próprio elenco e que os jogadores estão cientes que precisam dar uma resposta em campo para o torcedor

Crédito: PontePress/FabioLeoni

Após a derrota de virada para o Atlético-GO em Bragança, a Ponte tem a semana livre para corrigir os erros apresentados na última partida. A sequência de derrotas em casa sem a presença do torcida não tem incomodado apenas aos torcedores, segundo Danilo Barcelos. Ele afirma que a reação tem que ser imediata.  

“Jogamos muito mal o segundo tempo, tínhamos o jogo na mão. A gente torce para o torcedor voltar logo, porque a força da Ponte sempre foi o torcedor. Fizemos uma má partida, a cobrança do professor e da torcida é válida. Temos que recuperar e reagir o mais rápido possível, temos um jogo difícil fora de casa. Temos uma semana cheia de trabalho, temos que estar bem para dar uma resposta para o nosso torcedor, que seja na próxima partida”.

Barcelos fala sobre onde a cobrança pelos resultados começa. “A cobrança existe entre os jogadores e sabemos que precisamos melhorar o mais rápido possível. Estamos cientes que temos que melhorar muita coisa. Estamos no bolo. Uma vitória te coloca lá em cima. Precisamos de uma sequência positiva para entrar de vez entre os primeiros e buscar o acesso”.

 

Danilo fala sobre as dificuldades encontradas, mas que mesmo assim vê qualidade e potencial no elenco. “Fora de casa temos jogado melhor, em casa temos que propor o jogo e está sentindo um pouco de dificuldade em relação a isso. A gente estava bem no jogo, depois que tomamos o gol ficamos sem força para reagir. É a terceira derrota seguida dentro de casa. Tem que acabar isso logo e começar a ganhar em casa. Vejo muita qualidade no elenco. São jogadores que vieram para fazer história na Ponte. Só que leva um pouco de tempo, precisa de um pouco de paciência, porque o elenco é bom”, finaliza.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS