Doriva vê pontos positivos em duelos contra o Flamengo e mira evolução da equipe para ir em busca do acesso à Série A

A Ponte não conseguiu seguir em frente na Copa do Brasil, mas exibiu um bom futebol ontem no empate em 0 a 0 contra o Flamengo, líder do Brasileiro da série A. O técnico Doriva enaltece o trabalho feito pelo elenco na noite dessa quinta-feira (10), no Maracanã. Mesmo com eliminação, o treinador viu pontos positivos no time e acredita que grupo sai mais forte para sequência da temporada – a Macaca já segue do Rio de Janeiro para Goiânia, onde enfrentará o Vila Nova na tarde de domingo (13) pela série B.

“Fizemos dois grandes jogos contra o Flamengo. Em Campinas poderíamos ter saído com o empate, tivemos a chance e fizemos novamente um grande jogo no Maracanã, sendo que entre os dois vencemos o dérbi na casa do adversário.  Ontem jogamos contra uma equipe qualificada, mas poderíamos ter feito gol no final. Só tenho que parabenizar os atletas. A grande lição é que se continuarmos nessa linha de comprometimento e de performance, iremos chegar no objetivo que queremos dentro da temporada”, avalia.

O treinador reforça: “A equipe tem evoluído. Fizemos um grande dérbi e diante do Flamengo também um bom jogo, com mudanças de seis ou sete atletas. Isso também mostra que o nosso elenco está qualificado. Temos que levantar a cabeça, é dolorido, porque gostaríamos muito de ter surpreendido o Flamengo e fizemos um volume importante. Fomos estrategistas, inteligentes em jogar no erro adversário, mas não fizemos o gol.”

Doriva prossegue enaltecendo o grupo de jogadores. “A equipe foi determinada. Cumpriu o que eu havia pedido e isso é bom. Quando temos um elenco com peças de reposição, comprometidos em fazer o que nós pedimos e acredita no que é pedido, conseguimos ter jogos assim. Sabíamos que iria ser difícil pela qualidade do Flamengo, que é uma grande força, com 50 mil pessoas empurrando, mas os atletas não sentiram. Fizeram um jogo equilibrado, quando teve que defender todos assim fizeram. Foi uma equipe solidária e fico feliz por isso. Lamento não termos passado, pois é uma competição maravilhosa de se disputar, em todos os sentidos, pois a Copa do Brasil é muito lucrativa e para nós seria fantástico passar”, ressalta.

Após o jogo contra os cariocas, as atenções voltam para o Brasileiro Série B. A Macaca entra em campo no domingo (13), às 16 horas, contra o Vila Nova, em Goiânia. “O Vila Nova está confiante. Tem a presença do torcedor, devem ter casa cheia e isso é ótimo, pois traz uma atmosfera boa de se jogar. E temos que fazer um ótimo jogo, como outros que fizemos. Comprometidos e envolvidos. Alguns atletas ficaram de fora diante do Flamengo, e vamos buscar recuperar os jogadores que atuaram. Vai ser um jogo a tarde, que acaba desgastando ainda mais e temos que ter cuidado com quem atuou no Rio de Janeiro”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS