Com gol de Felippe Cardoso, Ponte vence o Criciúma fora de casa e se reabilita na Série B

Foto: PontePress/FabioLeoni

Após uma semana longe do Majestoso, a Ponte volta para Campinas com a classificação para as oitavas da Copa do Brasil e a reabilitação no Campeonato Brasileiro da Série B. Após perder na estreia para o Paysandu, a Macaca foi até Santa Catarina e venceu o Cricíuma por 1×0, gol de Felippe Cardoso. O próximo compromisso da Ponte será contra o Londrina no próximo sábado no Majestoso às 19h, ainda sem a presença da massa pontepretana.

A Partida

O jogo começou com o Criciúma tentando impor uma pressão na saída de bola da Ponte Preta, mas a Macaca soube tocar a bola e sair para o jogo. A primeira boa chance foi logo aos oito minutos Leo Santos cabeceou para o gol obrigando o goleiro a fazer a defesa.  Aos 10 minutos Felippe Cardoso arriscou de longe, mas parou no goleiro novamente.

A Ponte abriu o placar aos 14 minutos, Felippe Cardoso  recebeu na área de Igor, dividiu com o adversário e colocou a Ponte na frente do Criciúma. Com o gol a Ponte passou a administrar mais o jogo, esperando os erros do Criciúma.

Em cobrança de escanteio aos 29 minutos Orinho obrigou o goleiro adversário a trabalhar para evitar o gol.  Aos 33 minutos Ivan apareceu com uma grande defesa para evitar o gol do empate do adversário.  Felippe Cardoso em chute forte aos 38 minutos quase fez o segundo dele e da Ponte. Após três minutos de acréscimo o árbitro encerrou a primeira etapa.

O Criciúma veio com tudo no segundo tempo para buscar o empate e logo aos três minutos Ivan defendeu uma cabeçada evitando o gol do adversário.  Com um jogo de muita marcação as chances de gol eram escassas. Aos 23 Ivan fez mais uma grande defesa para conservar a Ponte na frente do placar.

Aos 31 minutos o árbitro viu uma cotovelada de Orinho no jogador do Criciúma e mostrou o vermelho direto para o jogador da Ponte. A Macaca ficava com 10 em campo. A partir daí o Criciúma se jogou todo ao ataque para buscar o empate e a Ponte se segurava como podia.

Aos 38 minutos Reynaldo salvou a bola em cima da linha, um lance que valeu como um gol para a Macaca. Após cinco minutos de acréscimo o árbitro encerrou a partida.

Ponte Preta: Ivan, Igor Vinicius, Leo, Renan Fonseca, Marciel, Nathan, Paulinho (Reinaldo), Thiago Real (Lucas Mineiro), Orinho, Felippe Cardoso, Andre Luis (Felipe Saraiva). Técnico Doriva

Criciúma: Luiz, Sueliton, Nino, Sandro, Marlon, Liel, Barreto, (Jean Mangabeira), Elvis, Mailson, Nicolas (Alex Maranhão), Lucas Coelho. Técnico: Argel Fucks

Ficha Técnica:

Local: Heriberto Hulse – Santa Catarina-SC
Horário: 19h
Arbitragem: João Batista de Arruda, Thiago Henrique Neto, Carlos Henrique Alves
Gols: Felippe Cardoso
Cartões amarelos: Igor Vinicius, Paulinho, Jean Mangabeira, Leo, Lucas Mineiro, Sandro, Felipe Saraiva, Sueliton,
Cartões vermelhos:  Orinho

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS