Doriva se desculpa por saída abrupta na 1ª passagem e afirma que reconstruirá história com muito trabalho para levar a Macaca à série A; em obediência ao regulamento, Brigatti comanda nas finais do Interior

Foto:PontePress

Muito trabalho, humildade, foco, reconquista. Estas são algumas das palavras-chave da fórmula do técnico Doriva para reconstruir sua história na Ponte Preta e levar o time de volta à elite do Campeonato Brasileiro. “Estou muito feliz em estar de volta e vim com muita vontade para Iniciar e terminar um trabalho, quero levar a Ponte para série A novamente”, enfatiza o treinador.

Doriva faz questão de desfazer qualquer mal estar em relação à saída de sua primeira passagem pela Ponte , em 2015, quando a equipe ocupada o nono lugar no Brasileiro e ele foi levado pelo São Paulo. “A Ponte é uma grande instituição e naquele momento eu não soube proceder, por isso quero reconstruir essa história. Sei que algumas feridas levam tempo para cicatrizar e peço desculpas ao torcedor e à imprensa: estou focado em fazer um grande trabalho e respeito demais a camisa da Ponte Preta. Lamento o ocorrido e quero reconquistar o torcedor com trabalho”, afirma.

Trabalho que já começou no tocante a planejamento – o treinador se integrou à diretoria de futebol para debater nomes de atletas que virão e possíveis saídas – e que em campo ocorrerá pela primeira vez nesta terça. Apesar de não comandar o time nas finais do Troféu do Interior (porque o regulamento da competição impede um profissional que treinou um time da série A1 de assumir o comando de outro na mesma edição do torneio), Doriva já começará a colocar seu estilo nos treinamentos.

“Quanto a reforços, estou acompanhando e monitorando todos os nomes que tem possibilidade de trazermos. Temos que ter inteligência para identificar atletas com nosso perfil financeiro atual, mas de maneira agressiva neste momento de reformulação, pra ter um elenco competitivo. Quanto ao Troféu do Interior, infelizmente não poderei comandar por causa do regulamento, mas o Brigatti faz excelente trabalho e já estaremos juntos no dia a dia, somando forças.”

Em relação à Copa do Brasil e ao Brasileirão, Doriva diz estar pronto para dar o melhor pela Macaca. “O desafio é o mesmo que antes, mas a motivação é bem maior. Da outra vez que estive aqui estávamos na série A, a gente começou bem, vacilou um pouquinho na sequência, mas engrenou, tivemos aquela sequência inesquecível de quatro vitórias seguidas. Agora a ocasião é outra, mas a dificuldade é igual e a vontade ainda maior. Vamos fazer nova historia e se Deus quiser voltar à serie A”, finaliza.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS