Macaca perde em Sorocaba, mas irá disputar a final do Interior contra o Mirassol

Foto:JesusVicente

Jogando com um a menos desde os 27 minutos do primeiro tempo, a Ponte preta perdeu por 3 a 1 para o São Bento na noite de hoje (24), mas mesmo assim classificou-se em primeiro lugar do grupo 2 e vai disputar a final do troféu do Interior contra o Mirassol, melhor equipe da chave 1. O gol da Macaca, que agora irá tentar conquistar o tetracampeonato do Interior, foi marcado por Aaron.

O jogo

O primeiro tempo começou equilibrado, com a Macaca marcando bem  e o São Bento pressionando. A primeira chance foi da Ponte, aos dez minutos, em cobrança de falta. Felipe Saraiva cobrou e a bola passou por toda a área do São Bento, mas foi para fora. Aos 11, Ivan fez boa defesa em chute de Moraes. Aos 18, Felipe Saraiva bateu belo chute cruzado, mas Rodrigo Viana fez boa defesa

Aos 27, o lance que mudou o jogo: João Lucas fez falta e, como já tinha um cartão amarelo, foi expulso. A partir daí o São Bento veio pra cima e, aos 33, Everaldo chegou até a linha de fundo e rolou para Diogo Oliveira que, livre dentro da área, chutou para o fundo do gol de Ivan e abriu o placar em Sorocaba.

O time da casa continuou vindo para cima e aos 42 Lucas Crispim cobrou escanteio na cabeça de Rogério, que desviou a bola e quase marcou o segundo do São Bento. Aos 47, o juiz apitou o final da primeira etapa.

Para o segundo tempo, o técnico interino João Brigatti trocou Yuri por Silvinho em busca de mais agressividade, mas foi o adversário quem continuou vindo pra cima e logo no minuto inicial Lucas Crispim cobrou escanteio certeiro e Ivan tirou de soco.  Aos cinco,  Moraes chutou forte, mas por cima do gol de Ivan.

Aos seis, o adversário ampliou: Lucas Crispim rolou para chegada de Lucas Farias, que bateu firme e sem chance para o camisa 1 alvinegro. Aos 10, Felipe Saraiva deu lugar a Aaron, que teve boa chance oito minutos depois, mas o goleiro adversário se antecipou e conseguiu pegar a bola. Aos 25, Aaron teve nova boa chance, com bom cabeceio após cruzamento na área. Rodrigo Viana fez grande defesa e impediu primeiro gol da Macaca.

A Ponte diminuiu aos 41, mais uma vez com Aaron: o africano (natural de Denin) recebeu lançamento em velocidade, driblou Rodrigo Viana e balançou as redes. O São Bento conseguiu marcar ainda mais um aos 45, quando Moraes fez o cruzamento na cabeça de Cavalo, que deu números finais à partida – o juiz encerrou o jogo aos 48. Placar final, São Bento 3 x 1 Ponte Preta, com a Macaca classificada para as finais do Troféu do Interior.

Ficha Técnica: São Bento 3 x 1 Ponte Preta

Ponte Preta – Ivan, Jeferson, Renan Fonseca, Luan Peres e Marciel; Nathan, João Vitor, Orinho e Lucas Mineiro; Felipe Sariava (Aaron) e Yuri (Silvinho); Técnico: Brigatti.

São Bento – Rodrigo Viana, Lucas Farias, Rogério, João Gabriel e Moraes; Fábio Bahia, Diego Felipe (Maicon Sousa), Diogo Oliveira (Cássio); Léo Itaperuna (Anderson Cavalo), Everaldo e Lucas Crispim. Técnico: Paulo Roberto Santos.

Gols: Diogo Oliveira (aos 33 do 1º tempo) e no segundo tempo Lucas Farias (aos 6), Aaron (41) e Anderson Cavalo (45)

Cartões amarelos: Luan Peres, João Vitor

Cartão vermelho: João Vitor

Árbitro: Tiago Scarascati

Público: 1.089 pessoas

Renda: R$ 15.475,00 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS