Presidente Abdalla e Ronaldão pedem apoio da torcida para o time e afirmam que elenco da Ponte será reforçado para o Brasileiro

A presença do presidente pontepretano José Armando Abdalla Jr. e do diretor de futebol Ronaldão nos treinamento da Ponte Preta é uma cena comum. Na tarde desta sexta (2), porém, os dois não focaram em assistir ao treino nem em falar com atletas e comissão técnica. Em vez disso, optaram em falar com a imprensa para fazer um pedido ao torcedor: que venha ao estádio e apóie incondicionalmente o jovem time alvinegro, que efetivamente a torcida volta a ser o 12º atleta em campo no Majestoso.

“Eu peço para os torcedores que estão protestando, e eu entendo a torcida da Ponte, que venham para o nosso lado. Estamos fazendo um time praticamente caseiro, formado na base,e precisamos que esses torcedores venham abraçar esses jogadores e dar o máximo de apoio. É um trabalho novo, logicamente o torcedor quer um time competitivo, e nós estamos tentando fazer esse time, mas sem o apoio deles será muito difícil. Eu peço que eles venham para o nosso lado e abracem esses garotos e jogadores”, diz Ronaldão .

“A nossa torcida é exigente, de muito brio e ela sem dúvida nenhuma é a razão da existência da Ponte Preta. Esses jogadores jovens de hoje tem um lado emocional muito grande e cabea nós todos, como torcedores, trazer tranquilidade a eles, abraçar esse elenco para que eles possam desenvolver. Com certeza esse time vai em busca da classificação no Paulista nessa reta final e acredito que terá uma outra performance daqui pra frente, especialmente se puder contar com o torcedor”, complementa o presidente Abdalla.

Os dirigentes contam que conversaram bastante com o elenco alvinegro nos últimos dias. “Passamos tranquilidade ao grupo,mas também  cobrança e a responsabilidade da Ponte no momento. Logicamente sabemos o momento da Ponte, isso já foi posicionado a todos e esperamos que o resultado venha dentro do campo agora. O foco é na fase final do Paulista, queremos terminar bem o campeonato.  Começamos o ano reformulando o time com jogadores novos, formados na base, e estamos aqui diariamente para fazer esse time render e dar o melhor”, enfatiza Ronaldão.

Ele acrescenta que quando foi convidado pelo presidente para assumir o cargo sabia da responsabilidade e da dura tarefa que teria neste início de ano. “Sabemos que é uma reformulação, um modelo novo de trabalho e temos que entender que a Ponte passa por um processo de mudanças e , sim, a mudança pode tanto dar certo como dar errado. Mas acreditamos que o trabalho está sendo bem feito e vai dar certo”, diz. 

Ele reforça: “A Ponte Preta fez um trabalho fantástico até agora. Temos que enaltecer a diretoria da Ponte Preta, que abriu a porta e deu a camisa para os jovens valores da Ponte. Temos três jogos pela frente para manter a Ponte na primeira divisão ou classificar para a próxima fase.”

Ronaldão faz ainda uma avaliação sobre o treinador alvinegro. “O Eduardo Baptista é uma pessoa extremamente competente e esse momento da Ponte, aceita bem os garotos da base que chegam no profissional. Entende o momento de dificuldade e o nível técnico diferente do ano passado, mais jovem. Então ele continua no processo  e isso não será mudado, porque acreditamos nos jogadores e no trabalho da comissão técnica”, afirma.

Reforços

Ronaldão e Abdalla falam ainda sobre uma qualificação da equipe. “Pode chegar algum atleta em breve, estamos trabalhando para incorporar ao grupo, fortalecer para a Série B , assim como focamos em terminar bem o Paulista. Será feito um balanço após o Paulista, logicamente temos que incorporar alguns jogadores para o Brasileiro e temos que analisar o perfil de cada atleta que chegue e jogue sem sentir o peso da cobrança da torcida e da imprensa e do manto da Ponte Preta. Temos que buscar cuidadosamente cada atleta para ajudar a Macaca a voltar para a Série A”, pontua o gerente de futebol.

Ele completa explicando que uma análise do elenco será feita após o término do Campeonato Paulista.  “A diretoria da Ponte hoje tem um orçamento reduzido e por isso temos que ter criatividade, contatos e relacionamento. Faremos um time competitivo e não fugiremos nunca do orçamento, mas, reforço, traremos jogadores competitivos. “

Já Abdalla reforça que a diretoria está ciente das necessidades do time. “Todos os dias acompanhamos diretamente, em tempo real, o que acontece com o futebol e claro que há uma preocupação com o planejamento.  As nossas responsabilidades com departamento de futebol, como funcionalismo da Ponte, nossos fornecedores, desde primeiro de janeiro  tudo se encontra regularizado e perfeitamente em dia. Quando se fala de contratações, claro, temos um orçamento fixado, não vamos cometer loucuras, mas existe um contingente para ir em busca dos reforços necessários para a Série B”, finaliza. 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS