Presidente eleito Abdalla confirma primeiro diretor da nova gestão: Gustavo Valio é reconduzido ao comando financeiro; comissão é criada para auxiliar transição

Uma Comissão de Transição foi criada para que o presidente eleito da Ponte Preta, José Armando Abdalla, possa se interar melhor do status e necessidades de e todos os departamentos da instituição e, desta forma, ter um maior embasamento para tomar as decisões iniciais para a gestão que se inicia em 1º de janeiro do ano que vem. O novo mandatário já se reuniu hoje com os integrantes do grupo e já anunciou o primeiro nome da diretoria executiva para o quadriênio 2018-2021: o advogado Gustavo Valio, que será mantido como Diretor Financeiro.

“Ele fez um ótimo trabalho na atual gestão e a definição do nome do diretor financeiro é muito importante, até porque precisamos começar a elaborar o quanto antes nosso orçamento para 2018, para sabermos como iremos administrar o clube com a redução de cota que tivemos em virtude do rebaixamento”, explica Abdalla.

"Fiquei muito contente com o convite. Aceitei porque quero continuar colaborando com a Ponte e fazer minha parte para ajudar a Macaca a voltar para a série A, que é nosso lugar", diz Valio.

A Comissão de Transição é formada pelo presidente eleito, pelo atual presidente Vanderlei Pereira, por Hélio Kazuo (segundo vice-presidente em ambas as gestões), pelo 1º vice-presidente eleito Sebastião Arcanjo e pelo próprio Gustavo Valio.  O presidente de honra Sérgio Carnielli também participa das conversas.

“Estamos conversando muito para tomar medidas acertadas e com muita calma. No momento não tenho ainda previsão de quando anunciaremos os demais diretores, entre ele o de Futebol, mas na medida em que as decisões forem tomadas iremos anunciando”, afirma Abdalla. De acordo com o regimento, o presidente eleito tem até 30 dias após ter sido confirmado no cargo – o que ocorreu no último dia 11 – para preencher todos os cargos da Diretoria Executiva. 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS