Ponte enfrenta Palmeiras nessa quinta (19), no Pacaembu e artilheiro Lucca quer resgatar confiança da torcida marcando gols, em jogo que Eduardo Baptista cobra personalidade do time para vencer

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

A Ponte Preta tem mais um importante desafio na noite dessa quinta-feira (19). A Macaca enfrenta o Palmeiras, às 20 horas, no Pacaembu, em mais um jogo válido pelo Campeonato Brasileiro Série A. Lucca, artilheiro da equipe no Brasileirão com dez gols, sabe que não só o momento do time é difícil, como também o que vive, após alguns jogos sem marcar. Porém, o jogador mostra confiança em retomar a boa fase e o apoio do torcedor pontepretano.

 

“Todo jogo eu penso em fazer gol. Estou lutando muito, correndo, chego ao final do jogo extenuado, cansado, pelo fato de tentar o tempo inteiro. Temos que respeitar, mas eu nunca entrei em campo sem pensar em fazer gol. Mas, a vitória é ainda mais importante para nós, independentemente de quem faça o gol. Estamos em uma fase difícil e precisamos pontuar”, diz Lucca, que acrescenta.  

 

“Desde o dia que cheguei aqui eu sabia que haveria pressão. A Ponte Preta tem uma torcida que cobra mesmo, ainda mais eu vindo de um rival. O torcedor tem toda razão em cobrar. Tenho 27 anos, já vivi muita coisa no futebol, é claro que eu e minha família estamos chateados, mas tenho que dar a volta por cima. Vou tentar recuperar a confiança da torcida marcando gols”, reforça.

 

O jogador explica qual deve ser a estratégia para conseguir criar ações ofensivas ao longo da partida. “Temos que ter coragem, personalidade, confiar no companheiro, porque sabemos que o Palmeiras vai nos pressionar e temos que criar jogadas individuais, porque a marcação deles é muito adiantada”, avalia.

 

Para essa partida, o técnico Eduardo Baptista não poderá contar com o zagueiro Luan Peres e o volante Fernando Bob, ambos suspensos. Quem retorna de suspensão é o volante Élton, que cumpriu punição na rodada passada. Além deles, o treinador conta com outros reforços. “É fundamental ter todo o elenco. O Renato Cajá e o Wendel ainda estão fora do ideal, mas são importantes e em um momento como esse pode nos ajudar”, afirma o treinador, que enfatiza.

 

“A Ponte Preta precisa pontuar. Sou focado no meu trabalho, que está sendo árduo e difícil. Temos que focar nisso. Temos uma missão importante, estamos nos sentindo preparados para conseguir o resultado e é isso que temos que buscar”, ressalta o comandante, que vai na mesma linha de Lucca sobre como deve enfrentar o rival.

 

“O álibi para trazer um bom resultado é fazer um grande jogo. É estar preparado, focado, enfrentar o Palmeiras de igual para igual, ter concentração na hora de marcar e personalidade para jogar. Sempre que a Ponte conseguiu bons resultados foi com esse propósito”, conta Baptista, que finaliza.  “O Palmeiras é um time de muita qualidade. Tem um elenco muito forte, vem com um treinador novo e toda troca gera uma motivação. Temos que estar atentos a tudo isso”.

 

Quem não estiver no Pacaembu, tem como opção assistir ao jogo pelo Premiere, além de ouvir no rádio (FM 99,1, AM 870 ou 1170, ou ainda pelas webradios Alberto César, Futebol Interior, Macacada Reunida ou PonteNews).

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS