Treinadores dos SUBs 15 e 17 esperam boa estreia na 3ª fase do Paulista, que começa neste sábado (9), com jogos em Pedreira e Mirassol

Foto:PontePress/RodrigoCeregatti

Sábado (9) é dia de estreia na 3ª fase do Campeonato Paulista 2017 para os garotos do SUB15 e SUB17 alvinegros. Ambas as categorias da Macaca finalizaram a preparação para a rodada inicial nesta manhã de sexta no campo do Centro de Treinamentos da Ponte em Jaguariúna, onde realizaram trabalhos técnicos e táticos.

A equipe SUB15 entra em campo logo às 9 horas do dia 9 diante do Desportivo Brasil, no estádio Wanderley José Vicentini, em Pedreira (onde a Ponte manda suas partidas). Os comandados do técnico Gaúcho registraram a terceira melhor campanha nas fases anteriores e enfrentam o Desportivo Brasil.

“Estamos em uma chave bastante forte, com outras três equipes de qualidade, mas nosso time teve pelo menos 13 jogos neste ano com equipes consideradas grandes, de porte nacional, e tivemos bom desempenho contra elas. Portanto, estamos acostumados com esses conflitos e temos condições de brigar e chegar lá na frente. È o nosso objetivo e temos qualidade para isso”, diz o técnico Gaúcho.

Além de Ponte e Desportivo, estão na chave alvinegra o Palmeiras – equipe que tem nove atletas na seleção brasileira da categoria e chama atenção pelo jogo vertical – e o Audax, também bastante agressivo. “Serão jogos entre adversários que tem qualidade e brigam por todas as bolas, não desistem antes do apito final. Essa fase de grupo é quase um mata-mata, não pode perder ponto se quiser chegar entre os dois primeiros, que se classificam para a próxima etapa, e queremos nos classificar em primeiro, então vamos encarar todos os adversários como um confronto contra um concorrente direto”, prega Gaúcho.  

SUB17 estreia fora de casa

Dona da melhor campanha da categoria, a Ponte Preta SUB17 está invicta na competição – na primeira fase, foram 14 vitórias em 14 jogos, com saldo de 52 gols; na segunda etapa, mesmo após passar por mudança de técnico, foram dois empates e quatro vitórias. O Juvenil estreia também no sábado, porém às 11 horas e fora de casa, no estádio José Maria de Campos Maia contra o Mirassol.

“Não é porque temos a melhor campanha que já ganhamos alguma, agora é como se começássemos do zero, cada fase é diferente e os times vão ficando mais difíceis. Temos que ir buscar, o Mirassol é uma equipe aguerrida e nós temos que manter o foco e buscar nosso melhor sempre, com pé no chão e seriedade”, diz o treinador Max Sandro.

O técnico ressalta que e equipe irá pensar jogo a jogo. “Temos que pensar agora no Mirassol, depois vemos os outros adversários.  E não importa se é em casa ou fora, nós temos que jogar da mesma maneira, pressionar o adversário, ter posse de bola e sermos protagonistas dos nossos jogos”, finaliza.

Incentivo – O trabalho da Base pontepretana conta com apoio de Projeto via Lei Paulista de Incentivo ao Esporte do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Esporte , Lazer e Juventude do Estado.  PROJETO PONTE PRETA FUTEBOL DE BASE – ESTRUTURA PARA DESENVOLVIMENTO DE TALENTOS DO FUTEBOL, LPIE: Nº. 395/15, publicado em diário oficial em 25 de maio de 2016 – Lei Paulista de Incentivo ao Decreto nº 55.636/10 e RESOLUÇÃO SELJ – 19, de 23 de novembro de 2015.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS