Danilo fala em mudança de atitude da equipe e afirma que jogo contra o São Paulo será difícil para a Ponte e também para o adversário

Crédito obrigatório:
PontePress/FabioLeoni

A semana de treinamentos na Ponte Preta tem sido de muito trabalho e foco na recuperação no Campeonato Brasileiro. Após a reunião entre elenco, comissão técnica e diretoria, as palavras de ordem são atitude e recuperação. O lateral Danilo falaa sobre o seu momento na equipe.

“A Ponte sempre teve consistência na lateral. Estou muito feliz por esse começo da Ponte. Óbvio que tem muita coisa pela frente. Quero ficar por aqui muito tempo. É um clube encantador. A gente passa por um momento turbulento e espero que na próxima rodada a gente possa se recuperar”.

Questionado sobre a reunião após a derrota para o Atlético-MG, Danilo dá razão às cobranças e fala sobre mudança de atitude. “Foi uma cobrança válida, que tinha que existir naquele momento. E foi perfeita a cobrança do professor e da diretoria. A gente entende que realmente temos que melhorar", diz.

O lateral acrescenta: "Espero que a gente consiga colocar em prática no jogo o que estamos treinando. Mudamos algumas coisas, temos que mudar a atitude, acho que é o principal. A equipe não vem jogando mal assim. Estamos pecando em algumas coisas dentro de casa. A gente sendo decisivo lá na frente a gente vai conseguir fazer os pontos e seguir firme no campeonato.”

Apesar do momento difícil, Danilo enfatiza que é necessário  valorizar o time. “A equipe não tem jogado mal. Nas últimas oito partidas, perdemos apenas duas. É um número curioso por se tratar de série A, se pegar outro clube não teve a sequência que a gente teve. É claro que quando vem a derrota aparece muita coisa: temos que mudar atitude, não podemos perder em casa para ninguém. E no próximo sábado temos uma partida duríssima. A gente espera mudar a nossa atitude e sair de lá com a vitória”, salienta.

Ele reforça que a Ponte vai até o Morumbi lutar pela vitória. “O São Paulo está vivendo um momento difícil, mas é uma grande equipe. Temos que chegar lá dia nove e fazer o nosso trabalho. Vai ser duríssimo para a gente e para eles. Temos que ter calma e paciência, fazer as jogadas na hora certa, saber defender bem, eles vão atacar a gente e concluirmos nossas jogadas em gol. Tenho certeza que dá pra sair de lá com os três pontos”, finaliza.
 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS